sexta-feira, 24 de junho de 2016

“Rampa do Caramulo recebe quinta prova de velocidade de montanha”




 
CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA REGRESSA À RAMPA DO CARAMULO

Caramulo, 23 de Junho de 2016 – A velocidade e a emoção estão de volta à Serra do Caramulo a 2 e 3 de Julho, com a 11ª edição da Rampa do Caramulo, prova integrada no Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2016.

Esta rampa, que é a quinta prova do campeonato, colocará à prova Pedro Salvador, com o seu Norma M20FC, que conta quatro vitórias em quatro provas disputadas esta época, e que é, actualmente, o líder da tabela à geral e na categoria 1, lugar disputado também por Rui Ramalho, aos comandos do seu Osella PA21S Evo, seguido do irmão, Paulo Ramalho, ao volante do seu Juno CN09.

A prova no Caramulo, a meio do campeonato, poderá alterar as classificações da Categoria 2, uma das mais animadas e renhidas da classificativa, sendo os lugares do pódio disputados, do 1º ao 3º lugar, respectivamente, por Gonçalo Manahu, em Porsche 997 GT3 Cup, António Nogueira, em Porsche 911 GT2 e Edgar Reis, em Porsche 997 GT3 Cup.

Com um desenho ímpar, sinuoso e bem asfaltado, o traçado da Rampa do Caramulo estende-se ao longo de 2,8 Km. Sem curvas lentas, assume-se como uma rampa rápida, com duas rectas onde os automóveis podem atingir elevadas velocidades, terminando a prova no sopé da Serra.

A prova da Rampa do Caramulo, organizada pelo Targa Clube em parceria com o Museu do Caramulo, vai ser disputada Sábado e Domingo, dias 2 e 3, com o início dos treinos marcado para as 15h00 no Sábado, e às 10h00 no Domingo. A última subida de prova está prevista para 14h00 de domingo.

Com boas condições climatéricas previstas para o fim-de-semana da prova, o público poderá desfrutar das emoções ao rubro pela velocidade e perícia dos pilotos em competição pela conquista do pódio.

A Rampa do Caramulo conta com o apoio da Câmara Municipal de Tondela, do banco BPI e do Jornal dos Clássicos.

Fonte: Museu Caramulo/Parceria Revista Notícias do Pedal

“Mais de 800 participantes no Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal”

Mais de oito centenas de participantes marcaram presença no 8º Passeio de Bicicleta “Dia Um de Portugal” promovido pela Associação de Ciclismo do Minho no dia 24 de Junho em Guimarães. Tiago Machado, José Mendes, Delmino Pereira, Cândido Barbosa, Mário Miranda, José Luís Galdamez, Carlos Resende, Carlos Rocha e Tierri Mendes foram algumas das presenças na iniciativa que assinalou a Batalha de São Mamede de 1128.

Com um balanço extremamente positivo, o Passeio de Bicicleta "Dia 1 de Portugal” reuniu na “festa do ciclismo de lazer” mais de 800 participantes, número que superou as melhores expetativas. Aliando o desporto, a cultura e a história, o Passeio de Bicicleta "Dia 1 de Portugal", promovido com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães e da Liberty Seguros, entre outras entidades, pretendeu incentivar a prática desportiva e assinalar uma importante data histórica, a Batalha de São Mamede de 1128 que viria a ser designada como "a primeira tarde portuguesa".

Promovido desde 2009 e sendo praticamente a única atividade (para além da sessão solene oficial promovida pela autarquia de Guimarães) que assinala o 24 de junho de 1128, o Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal tem a particularidade de proporcionar momentos de interação e de convivência com figuras públicas e ícones do desporto, para além de possibilitar a participação de toda a família.

A iniciativa da Associação de Ciclismo do Minho foi de participação gratuita, tendo os participantes recebido uma t-shirt oficial oferecida pela Liberty Seguros e participado no sorteio de diversos prémios oferecidos pelos parceiros do evento. A 8ª edição do Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal teve dois percursos de dificuldade baixa (passeio e mini passeio) e um trilho de BTT (Trilho do Fundador/Profº Orlando Lemos), procurando-se assim incentivar a participação de todos os interessados, independentemente da idade e da condição física. Com partida junto ao Estádio D. Afonso Henriques, o percurso inicial do Passeio Dia 1 de Portugal percorreu o Centro Histórico de Guimarães pelos três grupos de inscritos. O Trilho do Fundador/Profº Orlando Lemos, uma das três opções de participação, foi promovido em parceria com a ERDAL - Escolas de Referência de Desportos de Ar Livre.

Tiago Machado (Team Katusha), José Mendes (Bora-Argon 18), Delmino Pereira (ex-ciclista e Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo), Cândido Barbosa (ex-ciclista), Mário Miranda (ex-treinador de ciclismo), José Luís Galdamez (ex-ciclista), Carlos Resende (considerado um dos melhores andebolistas portugueses de sempre), Carlos Rocha e Tierri Mendes, Campeões do Minho de BTT XCM e atletas da equipa Saertex Portugal | Edaetech, entre outros, foram algumas das presenças.

Referência ainda para a presença de um grupo de participantes com bicicletas antigas, vestidos à época, assim como de atletas das seguintes equipas e grupos: 100 Stress, 4teamBTT, A Modinho, ACDar ao Pedal, Amadeu Bastos Alumínio - Lixa, Amigalhaços Bike, Amigos 100 Team, Anjosbike, AQQT - Antes Quebrar Que Torcer, Arcádia Nicolina, ASC / Formadestemida, Associação de Paraquedistas de Guimarães, Bais na Bike, Bike Zone - Guimarães, BikeTeam, BTT Berço, BTT Caminhos Fracos, BTT Cerca, BTT Margens do Cávado, BTT Pedal Berço, BTT Pisca, BTT Selho, BTT Serzedo, BTT Torcatense / Casa Myzé, BTTaipas, BTToks, BVG Biketeam, Caminhos Fracos, CC Spol Concello de Porriño Abanca, Centro Ciclista de Avidos, Centro de Recreio Camiliano / Garbo / Vegas Cosmetics, Cercigui, Ciclo Mário Miranda, Clube BTT Redline, Clube de Cicloturismo de Calvos, Compedal - Casa do Povo de Briteiros, Confecções Cruzeiro, Dmx - Moto Areal, DoYouRun, Entorna Pipas, Erdal, Escola de Ciclismo Carlos Carvalho, Eu e Elas, ExtremeBike, Família Costa, FC Famalicão / Soniturismo / Bike World, Fernandes da Silva, GTC, Gteam, Guimatrilhos, K Mara BTT, Kedas Fixes BTT, Lentos, Monta Kabra, Montanhistas BTT, Muralhas BTT, Olhares Curiosos, Os da Vigairada, Os dois Amigos, Os Frakinhos, Os Gulosos, Os Rôtos, Pedaladas São Torcato, PedalBerço, Pinheiro BTT, Poelama.Net, Polvoreira BTT, Quedabike, Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão / Santa Cruz, RFM Lixa, Rio Fit BTT, Rise Sport, Roda na Frente, Saertex Portugal | Edaetech, Seissa / Mgb Bikes / Matias & Araújo / Frulact, Sempre Andar, Serzedelo BTT, Silvares Com Vida, Sodesce, Sport Ciclismo de S. João de Ver, Superbike, T.T.T. Cabeleireiros Vitória, Trilhos e Pegadas, Trio Maravilha, Umrunners, Vimaranes BTT e Xaimites BTT.

Embora maioritariamente provenientes de várias freguesias do concelho de Guimarães, o Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal registou a presença de participantes oriundos das localidades de Amarante, Amares, Barcelos, Braga, Fafe, Felgueiras, Gondomar, Lousada, Maia, Marco de Canaveses, Ovar, Paços de Ferreira, Penafiel, Porto, Póvoa de Varzim, Saint-étienne, Santo Tirso, São João da Madeira, Valença, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Vizela.

Nas edições anteriores o Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal integrou a programação de Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura, de Guimarães 2013 - Cidade Europeia do Desporto, foi o evento escolhido pelo Comité Olímpico de Portugal para assinalar o Dia Olímpico (2013), integrou o programa oficial das Comemorações dos 8 Séculos da Língua Portuguesa (2014) e o programa do centenário do Centro Juvenil de São José (2015).

O Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal contou, entre outros, com os seguintes apoios: Câmara Municipal de Guimarães, Federação Portuguesa de Ciclismo, Liberty Seguros, Cision, Arrecadações da Quintã, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Tempo Livre / Centro de Medicina Desportiva de Guimarães, Vitrus Ambiente, Salvaggio, União de Freguesias de Atães e Rendufe, Like Bike, Controlsafe, Decathlon, Hermotor - Ford, GuimarãeShopping, Eyemotion, Guimarpeixe, Hotel ibis - Guimarães, Enfcare - Serviços de Enfermagem, Lda., IPDJ, Roda na Frente e Ciclismo a Fundo (revista oficial).

Fonte: ACM

“Campeões de Ciclismo festejam no São João de Braga”

Em pleno dia de São João, Braga aplaudiu os dois primeiros vencedores dos Campeonatos Nacionais de Ciclismo de Estrada que se realizam este fim-de-semana. As provas de contrarrelógio discutidas esta sexta-feira foram dominadas por Nelson Oliveira (Movistar Team) nos Elites e Gaspar Gonçalves (Liberty Segurosn/Carglass) na categoria Sub-23.

Vitorioso pelo terceiro ano consecutivo na luta contra o cronómetro, Nélson Oliveira cumpriu as quatro voltas ao percurso de 9 quilómetros em 43 minutos e 50 segundos retirando na totalidade dos 36 quilómetros da prova 15 segundos à marca do ano passado obtida exatamente no mesmo trajeto. Nas quatro voltas, em Braga, Oliveira só não obteve o melhor registo na primeira quando foi batido por Rafael Reis (W52/FC Porto).

No fim e estabelecidas as classificações dos 14 corredores em prova, o corredor bairradino deixou o segundo e terceiro classificados, José Mendes (Bora/Argon 18) e Rafael Reis (W52 /FC Porto) a 1 minuto e 13 segundos.

“Os Campeonatos Nacionais foram um teste à minha condição física depois da lesão recente e da presença no (Criterium du) Dauphiné. Devido aos resultados anteriores já esperava vencer. Sinto um enorme orgulho e emoção por vestir as cores da nossa bandeira. Esta vitória é tão significativa como a primeira e é muito gratificante”, exclamou Nelson Oliveira, o repetente Campeão Nacional de Contrarrelógio, pouco antes de beijar a companheira grávida. Depois deste êxito, o bairradino de 27 anos vai tentar recuperar o máximo para, no domingo, tentar a vitória na prova de fundo.

Sub-23 Gonçalves ficou “nas nuvens”

A categoria Sub 23 do contrarelogio de Braga foi dominada por Gaspar Gonçalves (Liberty Segurosn/Carglass) que nas 3 voltas ao percurso fez sempre o melhor registo. No fim da prova de 27 quilómetros terminou com 34 minutos e 20 segundos deixando o segundo melhor, Jorge Magalhães (Anicolor), a 14 segundos e o terceiro classificado, o companheiro de equipa, Ivo Oliveira, a 22 segundos.

“Estou sem palavras”, começou por afirmar Gaspar Gonçalves e, logo de seguida, disparou com um rasgado sorriso:. “Sendo longo este contrarrelógio favorecia-me. Consegui manter sempre um ritmo alto, apesar de ter arrancado forte e de ter receio de quebrar no final. Isso não aconteceu e quando o “chefe” me disse que estava a fazer o melhor tempo, foi dar tudo, tudo até ao final! Já consegui ter uma vitória no Campeonato Nacional de Cadetes, também no contrarrelógio, mas agora em Sub-23 é outro nível e… estou nas nuvens! Estou extremamente feliz!”

Gaspar Gonçalves tem 21 anos e é natural de Lamego. Defendendo-se bem na especialidade de contrarelógio é, nas palavras do director desportivo da Liberty Seguros/Carglass, Manuel Correia, “um corredor completo”.


São João de Campeões

Este sábado e domingo há mais campeões para aplaudir, em Braga, com a realização das provas em linha dos Nacionais de Ciclismo de Estrada que vão ter partida e chegada no Sameiro, junto à estátua do Papa João Paulo II. Este sábado, pelas 15 horas, será dado o tiro de partida para a competição dos Sub-23. Pela frente haverá 144,9 quilómetros, distribuídos por um circuito de 16,1 quilómetros que será percorrido nove vezes. À semelhança do ano passado, o percurso desce a Falperra em direção a Braga para depois começar a subir a caminho do Bom Jesus e continuar até ao Sameiro.

Fonte: FPC

“José Mendes fica de fora da Volta a França”

Foto: D.R.

Ciclista da Bora-Argon 18 vai estar na Volta a Espanha.
O ciclista José Mendes, da Bora-Argon 18, confirmou hoje que vai estar ausente da Volta a França em bicicleta, que decorre de 02 a 24 de julho, adiantando ainda que vai estar na Volta a Espanha.
O corredor, de 30 anos, explicou, no final do contrarrelógio de elite dos campeonatos nacionais de estrada, em Braga, onde foi segundo, atrás de Nélson Oliveira, que a equipa alemã o deixou de fora do Tour, para o resguardar para a competição no país vizinho, que se realiza de 20 de agosto a 11 de setembro.
"Não vou estar na Volta a França. A equipa, neste ano, tem a Volta a França e a Volta a Espanha e decidiu-me poupar para chegar no máximo das forças à Volta a Espanha", revelou José Mendes, que marcou presença nas edições de 2014 e de 2015.
O atleta de Guimarães mostrou-se ciente de que a "Volta a França é a maior prova do calendário do ciclismo", mas encarou a escolha da sua equipa em "apostar" nele para a Vuelta, como uma "mostra de confiança", sentindo-se "muito motivado" para chegar lá no seu "melhor".
Já Nélson Oliveira, campeão nacional de contrarrelógio de elite pela terceira vez consecutiva, disse que vai saber na segunda ou na terça-feira se participa pela terceiro ano seguido no Tour, afirmando que, apesar de esperar "estar lá", há "outros objetivos pela frente".
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Contador abdica dos nacionais de Espanha por motivos de saúde”

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

Alberto Contador anunciou esta sexta-feira que não vai participar na prova de estrada do campeonato de Espanha, que se disputa no próximo fim-de-semana, por motivos de saúde.
"Olá a todos, lamento anunciar que, por motivos de saúde, não poderei estar no Nacional de amanhã [sábado], espero que seja uma boa prova", afirmou Contador na sua conta na rede social Twitter.
Contador, de 33 anos, iria aproveitar a prova para preparar a Volta a França, que começa a 2 de julho.

Fonte: Record on-line

“Tony Martin conquista sexto título alemão de contrarrelógio”

Foto: Lusa
O ciclista da Etixx-Quick Step foi campeão mundial de contrarrelógio em 2011, 2012 e 2013.
O ciclista Tony Martin conquistou hoje o seu sexto título de campeão alemã de contrarrelógio, numa prova de 41 quilómetros no qual foi o único a conseguir uma marca inferior a 50 minutos.
Martin, de 31 anos, percorreu a distância em 49,14 minutos, a uma média de 49,97 km/hora, impondo-se a Jasha Sütterlin e a Nils Politt, que terminaram nas segunda e terceira posições, respetivamente.
“Estou muito feliz com esta vitória, porque tinha adversários muito fortes e com o mesmo objetivo que eu. O traçado não era totalmente plano, tinha algumas subidas e muitas curvas”, afirmou o ciclista.
Tony Martin, que vai disputar a Volta a França e, depois, os Jogos Olímpicos Rio2016, mostrou-se feliz por “inaugurar o palmarés deste ano com o sexto título” alemão de contrarrelógio.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Nélson Oliveira conquista terceira vitória seguida no contrarrelógio de elite”

Ciclista da Movistar venceu pela terceira vez consecutiv, o título nacional de contrarrelógio na categoria de elite.
Nélson Oliveira, da espanhola Movistar, alcançou hoje, pela terceira vez consecutiva, o título nacional de contrarrelógio, na categoria de elite, ao vencer a corrida inserida nos Nacionais de estrada, que decorrem em Braga.
O corredor de 27 anos, de Anadia, passou também a somar quatro vitórias na luta contra o cronómetro - venceu também em 2011 -, superando a marca de José Azevedo, vencedor em 1996, 1997 e 2011, ao concluir o percurso de 36 quilómetros, num circuito de quatro voltas, em 43.50 minutos, menos 15 segundos do que em 2015, no mesmo traçado.
Nélson Oliveira terminou com 01.13 minutos de avanço sobre o segundo classificado, José Mendes, da Bora-Argon 18, e sobre o terceiro, Rafael Reis, da W52-FC Porto.
O ciclista da Movistar até terminou a primeira volta em segundo lugar, com um tempo de 11.00 minutos, mais três segundos do que o jovem Rafael Reis, de 23 anos, mas fixou-se no primeiro lugar no segundo ponto intermédio, não mais largando o topo até ao fim da prova.
Os ciclistas da Caja Rural José Gonçalves, com mais 01.25 minutos do que Nélson Oliveira, e Ricardo Vilela, com mais 02.37, fecharam o lote dos cinco primeiros.
Os campeonatos nacionais de estrada, a decorrer em Braga, continuam no sábado, pelas 15:00, com a prova em linha no escalão de sub-23, e, no domingo, com a prova de elites, que principia pelas 11:00.
Cinco primeiros classificados:
1. Nélson Oliveira (Movistar Team), 43.50 minutos.
2. José Mendes (Bora-Argon 18), 45.03.
3. Rafael Reis (W52-FC Porto), 45.03.
4. José Gonçalves (Caja Rural), 45.16.
5. Ricardo Vilela (Caja Rural), 46.27.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“EFAPEL nos campeonatos nacionais em Portugal”

Sete corredores em acção entre hoje e domingo

A equipa de ciclismo EFAPEL vai estar representada por sete atletas nos campeonatos nacionais de Portugal que se realizam de hoje até domingo. A formação de Ovar vai competir nas provas de Contra-relógio, que tem lugar já hoje, dia 24, e de Fundo, que se realiza no domingo, dia 26, na categoria de Elite. Braga volta a receber as competições que determinam os campeões 2016/17 e a estrutura liderada por Américo Silva tem ambições à semelhança do que aconteceu em 2015 quando Jóni Brandão se sagrou vice-campeão de Fundo.

Os primeiros a entrarem em competição são António Barbio e Hélder Ferreira. Os jovens ciclistas da EFAPEL enfrentam a elite lusa da especialidade num percurso com 36 quilómetros de extensão. O primeiro atleta a sair para a estrada arranca às 16 horas.

Com um dia de intervalo pelo meio, pois o sábado está reservado à competição de Fundo para atletas sub-23, a EFAPEL só volta a correr no domingo. É na etapa em linha para os corredores de Elite que a formação ovarense terá mais competidores. São sete os atletas que correm com as cores da equipa apoiada pela empresa de Serpins. O traçado é, mais uma vez, selectivo. São quase 180 quilómetros com dez passagens pela meta, situada no Sameiro, antes da chegada.

A partida para a prova de Fundo em Elite está marcada para as 11 horas, também no Sameiro. O sucessor de Rui Costa deverá ser conhecido entre as 15h30 e as 16 horas..

Nome das provas

Campeonatos nacionais de Fundo e Contra-relógio


Data

24 a 26 de Junho de 2016

 

Director desportivo

Américo Silva

 

Ciclistas

António Barbio (Contra-relogista) - Provas de Contra-relógio e de Fundo

Daniel Mestre (Contra-relogista) - Prova de Fundo

Filipe Cardoso (Sprinter/Équipier) - Prova de Fundo

Hélder Ferreira (Trepador) - Provas de Contra-relógio e de Fundo

Jóni Brandão (Trepador) - Prova de Fundo

Nuno Almeida (Trepador) - Prova de Fundo

Rafael Silva (Sprinter) - Prova de Fundo

Fonte: Efapel