quarta-feira, 22 de junho de 2016

“Prego a fundo em Fafe”

Filipe Cardoso testou o famoso Salto da Pedra Sentada

Por: Ana Paula Marques

Foto: Luís Vieira

Filipe Cardoso é um dos mais irreverentes ciclistas do pelotão nacional. Mas a sua grande paixão são as quatro rodas. "Gosto mais de ralis do que de ciclismo. Já fiz um shakedown no Alentejo com o Ricardo Teodósio."
Não podendo então fazer o gosto ao pé no que à carreira de piloto de ralis diz respeito, o ciclista da Efapel teve ontem a oportunidade de passar num dos locais mais emblemáticos do Rali de Portugal, o Salto da Pedra Sentada, em Fafe. Filipe Cardoso, acompanhado do seu mecânico pessoal, Jorge Santos, fez-se à estrada para testar um troço de terra, com pouco mais de 2 km, que faz parte do percurso da 2ª etapa da Volta a Portugal e que incluiu então a passagem pelo mítico salto, coincidente com uma contagem de 2ª categoria. Dali até à meta, em Fafe, distam 18 km.
"Não sabíamos o que íamos encontrar. Vimos a pressão e a largura dos pneus, o que será melhor usar. Mas depois deste teste, e tendo em conta que o piso está em ótimas condições, sem pedras afiadas e com apenas 2 km, não se justifica fazer alterações em relação a uma etapa normal", esclareceu o ciclista da Efapel. "Por norma, uso pneus largos. Vou manter."

A ter em conta
Mas se o troço em si não oferece grande ‘resistência’ aos ciclistas, há no entanto outros fatores a ter em conta. "A organização tem de ter em atenção os carros que seguem à frente do pelotão. Nesse troço terão que estar a uma maior distância dos ciclistas por causa da nuvem de pó que vão provocar. Por outro lado, mas agora para nós ciclistas, há que ter em conta a forma como se abordará a entrada no troço de terra. Como os ciclistas já vêm a subir em estrada, todos quererão entrar na frente ali. Não só os que estão na discussão da Volta para precaver azares, como os que querem estar na discussão da etapa. A aproximação ao troço de terra vai fazer-se de forma rápida."
Para Filipe Cardoso, o Salto da Pedra Sentada não será uma dor de cabeça. "É verdade que se pode perder a Volta aqui. Mas também em muitos outros locais. Numa curva perigosa, a descer a Serra da Estrela. Há até troços mais perigosos, como estradas com buracos, passagens estreitas..."
Que chegue então o dia 29 de julho para se viverem as emoções de uma etapa diferente. E como disse o escocês voador, Colin McRae, de quem Filipe Cardoso era fã, "em caso de dúvida, prego a fundo". Uma frase que está, aliás, eternizada na curva do Confurco, local onde se fará a transição da estrada para a terra.

Fonte: Record on-line

“TRÊS (3) ATLETAS TORREJANOS NA SELECÇÃO NACIONAL DE TRIATLO para o CAMPEONATO DA EUROPA YOUTH”

Os atletas JOANA MIRANDA, RICARDO BATISTA e JOSÉ PEDRO VIEIRA da ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS, foram seleccionados para representarem a Selecção Portuguesa de Triatlo no Campeonato da Europa de Youth (Cadetes e Juvenis de 2ºano) que se vai realizar entre os dias 2 e 5 de Julho, em Tiszaújváros na HUNGRIA.

O responsável por mais um momento histórico no Triatlo torrejano, o treinador PAULO ANTUNES também vai fazer parte do staff desta Seleção Nacional, integrando mais uma vez a equipa técnica que se desloca à Hungria.

Joana Miranda é uma das pioneiras na Escola Triatlo torrejana, nasceu a 11/Novembro/2000 e reside em Casais Castelos, frequentando o 10ºano na Escola Secundária no Entroncamento. Em 2015, foi Vice-campeã Nacional de Aquatlo e obteve o 3ºlugar no Campeonato Nacional de Duatlo e Triatlo em Juvenis. Representou também a Selecção Nacional de Triatlo, em Julho de 2015 em Espanha, no Campeonato da Europa de Triatlo na categoria de Youth, e em 3 de Abril de 2016, esteve presente na Quarteira na Taça da Europa de Triatlo na categoria de Juniores.

Ricardo Batista, nasceu a 20/Novembro/2000, reside em Torres Novas, e estuda na Escola Maria Lamas no 10ºano. Entrou para o triatlo em 2012, e na última época de 2015 obteve o título Campeão Nacional de Aquatlo e de Vice-campeão Nacional de Triatlo e Duatlo em Juvenis. Ainda em 2015, na sua primeira participação pela Selecção Nacional de Triatlo, Ricardo Batista conquistou a MEDALHA DE BRONZE no Campeonato da Europa de Triatlo na categoria de Youth, que se realizou em Julho, em Banyoles, no norte de Espanha, e no Campeonato do Mundo de Biatle que se realizou em Batumi na Geórgia, foi também medalha de bronze. No dia 3 de Abril de 2016 participou na Quarteira, na Taça da Europa de Triatlo em representação da Selecção Nacional de Juniores.

José Pedro Vieira, estuda na Escola Manuel Figueiredo em Torres Novas no 9ºano, nasceu a 22/Maio/2001 e reside em Torres Novas. Entrou para a Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas em 2012, e na época de 2015, foi Campeão Nacional de Duatlo e de Triatlo em Juvenis, Vice-campeão Nacional de Aquatlo em Juvenis e Campeão Nacional de Biatle em Iniciados. Já em 2016, voltou a ser Campeão Nacional de Duatlo, e esta é a primeira vez que vai representar a Selecção Nacional de Triatlo, uma vez que está no seu 2ºano de Juvenil.

Entretanto, para além destes 3 atletas que foram convocados, também PAULO ANTUNES, o técnico da Escola Triatlo de Torres Novas irá integrar mais uma vez a equipa técnica da Seleção Nacional de Triatlo. Sem dúvida algo muito merecido para o jovem treinador torrejano, que em 2009 teve a excelente iniciativa de formar em Torres Novas uma Escola de Triatlo. Um projecto com o objectivo de formar jovens triatletas dos 8 aos 16 anos de idade, proporcionando condições e formação para estes jovens conseguirem atingir este patamar, e mais se perfilam para o mesmo.

TODA A EQUIPA, que é composta por um excelente grupo que partilha valores como, humildade, fairplay, espírito de sacrifício e camaradagem se sente também orgulhosa por esta etapa alcançada por estes 3 atletas torrejanos.

Fonte: ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS

“Campeonato do Mundo de XCM”

Portugal à procura de lugar entre os primeiros no Mundial de XCM

A Seleção Nacional/Liberty Seguros corre, no próximo domingo, o Campeonato Mundial de Maratonas BTT (XCM), em Laissac, França, com a ambição de colocar um homem nos cinco primeiros.

O selecionador nacional, Pedro Vigário, convocou Luís Leão Pinto e o vice-campeão europeu de XCM, Tiago Ferreira. “O objetivo é tentar um top 5, mas vamos lutar pela vitória. Com atletas com o profissionalismo dos nossos, encaramos sempre todas as corridas da mesma forma. Sentimos o respeito dos adversários e a responsabilidade de representar o país e altamente motivados pelo resultado do europeu”, afirma Pedro Vigário.

A corrida terá 90 quilómetros e um acumulado de subida de 3130 metros, embora a última subida longa esteja a cerca de 10 quilómetros do final, permitindo alguma margem de recuperação a corredores que desçam bem e não consigam aguentar o ritmo dos melhores a subir.

Luís Leão Pinto e Tiago Ferreira já sabem o que é subir ao pódio desta maratona, embora em edições que não acolheram o Campeonato do Mundo. Tiago Ferreira venceu em 2015 e Luís Leão Pinto foi segundo no ano anterior.

A corrida do próximo domingo arranca às 7h45 (hora portuguesa).

Fonte: FPC

“Goldwin- Team José Maria Nicolau em bom plano na Taça de Elite”

Decorreu ao longo do fim-de-semana passado a 2ª e 3ª provas da Taça de Portugal de Elites, (Troféu Concelhio de Oliveira de Azeméis e Memorial Bruno Neves) sábado e domingo respetivamente, onde Victor Valinho partia em décimo na geral, e o principal objetivo da equipa passava por manter ou mesmo melhorar essa classificação.

No Troféu Concelhio de Oliveira de Azeméis Victor Valinho terminou a etapa no 27º lugar, Fábio Oliveira foi 36º(12º sub-23),Marcelo Salvador 40º (14º sub-23), Diogo Dias 58º e André Ramalho 62º.

No domingo, no Memorial Bruno Neves, a equipa mostrou-se bastante activa tentando por diversas vezes marcar presença em fuga. Numa dessas fugas que viria a dar certo entrou Victor Valinho, que seria no final o 12º ciclista a cortar a linha de meta, depois de ter sido um dos mais trabalhadores na manutenção da fuga. Jorge Marques foi 37º (12º sub-23), seguido por Fábio Oliveira na 38ª posição (13º Sub-23), numa tirada que foi ganha por Angel Rebollido da W52-FC Porto.

Com este resultado, Victor Valinho desceu um lugar no Ranking da Taça, mas aproximou-se da primeira posição no que aos ciclistas das equipas de clube diz respeito, estando a apenas 1 ponto do primeiro.

A próxima presença da equipa será nos campeonatos nacionais de contrarrelógio e fundo que se disputam entre sexta e domingo (dias 24, 25 e 26) em Braga.

Fonte: Clube de Ciclismo José Maria Nicolau

“Última Hora… Já se Inscreveu…”

Grande Passeio de Cicloturismo do CCL/Bodas de Diamante e já no próximo domingo dia 26 de junho, é organizado pelo Clube de Campismo de Lisboa-CCL, que leva para a estrada mais um grande passeio de bicicleta, este com a celebração da Bodas de Diamante do Clube.

A organização promete para este ano um passeio diferente, cheio de muitas novidades, e um grande convívio final, sendo oferecido a todos os inscritos um grande almoço.

A concentração está marca para as 8 horas no Parque de Campismo da CCL-Costa da Caparica, junto á Orbitur, com a partida marcada para as 9 horas, para um percurso de 60 quilómetros.

Para mais informações e inscrições pelo telefone: 212 900 100 ou 912 137 572, ainda pelo Fax: 212 902 848, ou utilizando o e-mail: geninhorui@gmail.com

Marque já na sua agenda, e venha participar neste grande passeio, que muito promete em 2016.

Nós vamos lá estar para fazer a reportagem completa do evento, e trazer até vós os melhores momentos.

Não falte.

“Reportagem no “A Notícia” do “24º-Passeio-de-Cicloturismo-Gafetense/Crato”

Já está on-line a reportagem na “A Notícia”, do “24º-Passeio-de-Cicloturismo-Gafetense/Crato” realizado no domingo em Gáfete/Crato, a mesma pode ser visualizada em: http://www.anoticia.pt/pt/201605/Desporto/265/24º-Passeio-de-Cicloturismo-GafetenseCrato.htm ou em: http://anoticia.pt/ onde pode ainda visualizar outras notícias.