terça-feira, 31 de maio de 2016

“Nova edição da Revista Notícias do Pedal”

Já está on-line mais uma edição da “Revista Notícias do Pedal”, a edição de novembro número 249, contém uma grande diversidade de notícias, nas mais diversas modalidades, mensalmente pode ser visualizada a nossa revista em: www.noticiasdopedal.com

“Clássicos e Desportivos voltam para abrir a época automobilística no Caramulo”

61 AUTOMÓVEIS ALINHAM NA RAMPA DO CARAMULO

O Espírito do Caramulo, prova de velocidade e regularidade na rampa do Caramulo, organizada pelo Museu do Caramulo e pelo Clube Automóvel de Viseu, regressa no próximo dia 5 de Junho, Domingo.

A organização diz-se “satisfeita com a adesão dos participantes, cujas inscrições atingiram o limite máximo estipulado. Esta é uma prova da força do desporto automóvel no nosso país, e a confirmação de que merece o investimento e dedicação que lhe tem vindo a ser conferido.”

A edição deste ano destaca-se pela enorme variedade de automóveis, que vão desde um Ferrari 550 Maranello, alguns modelos da Porsche, até a um Mini Cooper ou um Volkswagen Carocha.


O público poderá ainda disfrutar da perícia e resistência de um Auto Union 1000 S de 1960, o automóvel mais antigo em competição, ou de um Alfa Romeo Giulietta de 2011, o mais recente. Ao todo, os mais de 60 concorrentes irão ser colocados à prova num percurso com mais de 2.800m de extensão e uma inclinação média de 5,1%, reconhecido pelas suas características técnicas que potenciam a velocidade e lhe conferem um carisma especial. Para além disso, as previsões meteorológicas são de temperaturas amenas e céu nublado sem chuva, condições de excelência para a prática da modalidade.

Fonte: Museu do Caramulo/Parceria Notícias do Pedal

“RIDER - PASSEIO DE MOTOS CLÁSSICAS REGRESSA AO CARAMULO EM JUNHO”

Passeio inclui património natural, cultural e gastronomia

O Museu do Caramulo, em parceria com a EDC – Associação Eventos do Caramulo, organiza, a 18 a 19 de Junho, a sexta edição do Rider – Passeio de Motos Clássicas.

O Rider é um passeio de endurance, destinado a proprietários de motos históricas (com mais de 30 anos), que gostam de tirar o máximo prazer de condução da sua moto. Para acompanhar o passeio, a organização garante um veículo de assistência, com atrelado para motos, para que os participantes possam disfrutar do percurso sem preocupações.

O passeio decorrerá na Região Centro de Portugal, tendo como ponto de partida e chegada o Museu do Caramulo, privilegiando as estradas secundárias e as paisagens naturais. Este passeio tem contado, para além da forte representação de participantes portugueses, com a presença de participantes de diversas nacionalidades como Espanha, Inglaterra ou Holanda.

Para a edição deste ano, a organização preparou mais uma novidade, que será o passeio livre no dia 17 de Junho, sexta-feira, que servirá de aquecimento para os dias de sábado e domingo.

A ficha de inscrição para o Rider – Passeio de Motos Clássicas encontra-se disponível para download em www.rider-caramulo.com  

Este evento conta com o apoio do Museu do Caramulo, da Câmara Municipal de Tondela, da MotoCiclismo Clásico, do Jornal dos Clássicos e do banco BPI.

Fonte: Museu do Caramulo/Parceria Notícias do Pedal

“Autarquia rescinde contrato com construtora do velódromo do Rio'2016”

Problemas a dois meses dos Jogos

Por: Lusa

A prefeitura do Rio de Janeiro despediu esta segunda-feira a construtora do velódromo dos Jogos Olímpicos de 2016, cujas obras ainda não foram concluídas a apenas 67 dias da cerimónia de abertura.
Os motivos apresentados pela autarquia do Rio de Janeiro para a rutura unilateral do contrato com a construtora Tecnosolo são os problemas económicos da empresa, que a levaram a pedir falência.
De acordo com o comunicado da prefeitura, devido a estes problemas, a Tecnosolo não tem condições para continuar as obras, que estão concluídas a 88 por cento, pelo que será substituída pela empresa Engetécnica, que já trabalhava no velódromo como subcontratada.
A nota informa ainda que a entrega do recinto está prevista para o próximo mês.
No último balanço das obras, a Tecnosolo informou que faltava concluir a fachada e a instalação elétrica do velódromo, entre outros pormenores.
Os eventos-teste, previstos para 30 de abril e 01 de maio, foram cancelados no final de março, mas na altura o Comité Organizador assegurou que as obras estariam terminadas no final de maio e que sessões de treino poderiam realizar-se entre 25 e 27 de junho.
Nessa altura, o porta-voz do Comité Organizador do Rio2016 explicou que o atraso na construção tinha sido originado pelas dificuldades em transportar a madeira que pavimenta o chão do velódromo, já que esta provinha da Sibéria.

Fonte: Record on-line

“UCI vai investigar acidente causado por duas motos na Volta à Bélgica”

Foto: DAVID STOCKMAN / BELGA / AFP

Um acidente na terceira etapa da Volta à Bélgica levou cinco ciclistas ao hospital.  

A União Ciclista Internacional (UCI) anunciou hoje que vai investigar se houve violação das regras de condução de veículos motorizados durante as provas, no acidente ocorrido no sábado na Volta à Bélgica.
Em comunicado, o organismo garante que vai averiguar se existiu “alguma violação às regras, recentemente introduzidas, sobre a condução de carros ou motos em corridas de estrada”.
No sábado, um acidente na terceira etapa da Volta à Bélgica, causado por duas motas da caravana, levou cinco ciclistas ao hospital, deixando o belga Stig Broeckx (Lotto-Soudal) em estado grave.
No acidente, que levou à anulação da etapa, foram apanhados 17 ciclistas, cinco dos quais tiveram de ser hospitalizados e 11 receberam assistência no local.
Este é o segundo acidente grave no ‘pelotão’ envolvendo veículos motorizados, depois de no início da época o também belga Antoine Demoitié ter morrido, após ter sido abalroado na clássica Gand-Wevelgem.
A UCI lembrou que as regras exigem que, durante as corridas, os condutores de veículos motorizados devem ter sempre em conta a segurança dos ciclistas e dos espetadores e obedecer aos comissários de prova.
O organismo refere que está a ultimar, em colaboração com as partes interessadas, um conjunto de regras que irão “reger todos os aspetos que se relacionam com segurança, incluindo o número de veículos autorizados durante as corridas, e o seu posicionamento nas várias fases da mesma”.
A UCI revelou ainda que está a estudar dados como a potência e o tamanho das motos utilizadas em provas velocipédicas, de forma a avaliar as implicações desses dois fatores na segurança.

Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Victor Valinho no Top-10 do GP Dão”

O nosso ciclista Victor Valinho terminou o G.P. do Dão na 10ª posição.

Victor esteve sempre em plano de destaque ao longo das três etapas, que o prémio comtemplava, passando os momentos decisivos e relevantes no grupo da dianteira.

Na 1ª etapa foi 11º classificado a 1min54 do vencedor; na 2ªetapa curta, mas com ritmo intenso foi 11º classificado a 38s e no CR final foi também 11º.

Também Fábio Oliveira teve um papel de destaque nesta competição. Na 1ª etapa foio 2º ciclista Sub-23 a cortar o risco da meta, classificando no final, num honroso quarto lugar da juventude.

José Neves sobressaiu no CR sendo o 3º sub-23 na luta contra o cronometro. Valeu-lhe no final a 6º posição na geral da Juventude.

Graças ao excelente trabalho de equipa a GoldWin-Team José Maria Nicolau foi a 5º classificada na classificação geral coletiva e a 1ª Equipa de Clube.

Classificação Geral:

10º Victor Valinho (2º Ciclista equipa de sub-23)

26º Fábio Oliveira (4º Juventude)

30º José Neves(6º Juventude)

57º Jorge Marques

60º Diogo Dias

70º André Ramalho

Equipa

5º lugar (1ª Equipa de Sub-23)

Fonte: Clube de Ciclismo José Maria Nicolau:

“GP Jornal de Notícias começa amanhã Equipa corre em competição de cinco dias"


Ainda nem dois dias passaram desde a espectacular vitória da EFAPEL no Grande Prémio do Dão, com Jóni Brandão a envergar a camisola amarela, e a equipa prepara-se para voltar à estrada já amanhã. A formação de Ovar regressa à competição, desta feita no 26º Grande Prémio Jornal de Notícias, que procurará discutir em cada um dos cinco dias de corrida.

No seguimento de um mês de maio bastante preenchido, com várias e exigentes competições por etapas ou de um só dia, a EFAPEL começa junho com mais um desafio e a mesma postura. A mentalidade da formação liderada por Américo Silva é vencedora e não vai mudar.

“Vamos procurar no Grande Prémio Jornal de Notícias fazer aquilo que temos feito, ou seja, lutar pela vitória. Independentemente da probabilidade de vencermos ser maior ou menor, a nossa mentalidade será essa. Esta é uma prova de média dificuldade, em comparação, por exemplo, com o que encontrámos nas beiras, há duas semanas e pouco, com cinco etapas e finais para todos os tipos”, explicou o director desportivo da EFAPEL, Américo Silva.

O GP Jornal de Notícias começa amanhã com um prólogo de 4,5 quilómetros em Viseu. Na quinta-feira, a primeira grande etapa em linha. São 187,5 km entre Viseu e Valongo com três metas volantes e quatro contagens de montanha, duas de terceira e duas de segunda categoria. A segunda etapa liga Maia a Ovar, num total de 147,6 km, três metas volantes e um prémio de montanha de terceira categoria. A entrada no fim-de-semana fica marcada pelos 183 quilómetros percorridos entre Braga e Viana do Castelo. Entre estas duas capitais minhotas, os corredores discutem três metas volantes e mais quatro contagens de montanha, uma de terceira e três de segunda categoria. Para terminar, no domingo, o pelotão parte de Matosinhos e percorre 171,590 km até à meta instalada na Avenida dos Aliados, no Porto. Para as classificações secundárias, há duas metas volantes e duas contagens de montanha de terceira categoria.

Nome da prova

26º Grande Prémio Jornal de Notícias

Data

1 a 5 de Junho de 2016

Director desportivo

Américo Silva

Ciclistas

Álvaro Trueba (Contra-relogista/Trepador)

António Barbio (Contra-relogista)

Daniel Mestre (Contra-relogista)

Filipe Cardoso (Sprinter/Équipier)

Hélder Ferreira (Trepador)

Henrique Casimiro (Trepador)

Nuno Almeida (Trepador)

Rafael Silva (Sprinter)

Fonte: Efapel

“Agenda de Ciclismo”

Ciclismo internacional de regresso ao Velódromo

O Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, recebe, entre sexta-feira e domingo, o Troféu CAR Anadia, prova de classe 1 internacional. Na estrada, o destaque vai para o 26.º Grande Prémio Jornal de Notícias, que se disputa de 1 a 5 de junho.

O Troféu CAR Anadia é uma prova importante para a preparação olímpica de várias seleções e atletas. Por isso, estarão presentes corredores oriundos de 13 países: África do Sul, Arménia, Brasil, Dinamarca, Espanha, França, Guatemala, Irlanda, Itália, Mongólia, Portugal, Suíça e Turquia.

Entre os inscritos o destaque vai para a forte equipa de França, com nomes como Quentin Lafargue, Laurie Berthon ou Benjamin Thomas.

A Seleção Nacional/Liberty Seguros estará representada por cinco corredores, Ivo Oliveira, João Matias, Pedro Preto, Ana Azenha e Soraia Silva.

Vão disputar-se provas de Madison, velocidade, keirin, contrarrelógio, scratch, corrida por pontos e perseguição individual. A entrada é livre e gratuita. O primeiro dia de competição, na sexta-feira, decorre entre as 16h00 e as 19h00. No dia seguinte, as provas vão disputar-se entre as 9h00 e as 13h40 e entre as 16h30 e as 20h30. No domingo, as corridas realizam-se entre as 9h30 e as 13h30.

Antes, já nesta quarta-feira, 1 de junho, arranca a 26.ª edição do Grande Prémio Jornal de Notícias. A prova ganhou dois dias de competição face ao ano anterior, decorrendo até domingo, com um prólogo e quatro etapas.

O prólogo, em sistema de contrarrelógio individual, disputa-se nas ruas de Viseu, a partir das 18h00 desta quarta-feira. A primeira etapa liga, no dia seguinte, a cidade de Viriato a Valongo, através de um percurso de 187,5 quilómetros. A segunda etapa terá 147,6 quilómetros, a percorrer entre a Maia e Ovar. Segue-se a etapa rainha, 183 quilómetros, desde Braga até ao alto de Santa Luzia, em Viana de Castelo. O encerramento terá um cenário de excelência, a Avenida dos Aliados, no Porto, onde termina, no domingo, a quarta e última etapa, que terá 171,6 quilómetros e início em Matosinhos.

Em Vila Real realiza-se, no domingo, a partir das 10h30, o 4.º Encontro Inter-Regional de Escolas de BTT da Zona Norte.

Mais eventos oficiais

4 de junho, 19h00: Resistência Noturna em BTT, serra da Boa Viagem, Figueira da Foz

5 de junho, 8h00: Volta à Cidade do Machico, Madeira

5 de junho, 9h00: Raid BTT da Junqueira, Vila do Conde

5 de junho, 9h15: Maratona BTT da Serra d’Aire, Caneiro, Ourém

5 de junho, 9h30: VII BTT Rota das Bolas, Ala, Mogadouro

5 de junho, 9h30: 1.ª Maratona BTT Feira da Vinha e do Vinho, Anadia

5 de junho, 9h30: Maratona do Pedal, Oliveira do Hospital

5 de junho, 9h30: 1.º XCO 20 Km Almeirim/Rota da Sopa da Pedra, Fazendas de Almeirim

5 de junho, 10h00: Maratona BTT de Paredes de Coura/3.ª Prova Campeonato do Minho

5 de junho, 13h30: 33.º Circuito de Mato Cheirinhos, Abóboda, Cascais

5 de junho, 15h30: 21.º Prémio de Ciclismo do FC Ramalde, Gondomar

Fonte: FPC

Última hora…Você já se inscreveu…

No passeio “Lisboa Antiga de Bicicleta” que se realiza já no próximo domingo dia 5 de junho.

A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta organiza novamente e pela 24ª vez, um passeio turístico por Lisboa em bicicleta (no âmbito do dia mundial do ambiente).

Para participar basta apenas uma bicicleta – BTT, citybike, dobrável ou convencional, e vontade de conhecer Lisboa de uma forma saudável e ecológica.

Este evento tem como objetivos gerais:

Divulgar, promover e dar a conhecer Lisboa através da bicicleta, valorizar a oferta turístico-cultural de Lisboa (património, gastronomia, artesanato, arquitetura, etc.), promover a utilização da bicicleta como forma de mobilidade sustentável, não poluente, ecológica e saudável, quer como meio de lazer e forma de conhecer “o outro lado” de uma cidade, quer para as pequenas deslocações pendulares: casa – trabalho ou casa – escola, despertar a população de Lisboa para a liberdade individual e de movimentos que a bicicleta representa, fomentar o convívio, a cultura e o lazer

Concentração pelas 8h30 no Largo do Intendente, e a partida será dada às 9h30 com chegada ao Largo do Carmo pelas 12h30.

Pontos de Encontro: Miradouro das Portas do Sol (10.15h), Jardim S. Pedro de Alcântara (10.45h), Torre de Belém (11.30h).

Final: Largo do Carmo pelas 12.30h

OFERTA: UMA T-SHIRT

Os utilizadores de bicicleta estão assim convidados a subir e descer algumas das calçadas típicas de Lisboa – Calçada da Bica, Calçada do Lavre e Calçada da Glória.

Lisboa Antiga de Bicicleta é uma verdadeira descoberta da cidade, apreciada num ritmo suave e sem stress, desmistificando a alegada dificuldade das sete colinas.

Marque já na sua agenda, e venha participar neste grande passeio, nós vamos lá estar, com reportagem completa do evento, faça você o mesmo, e inscreva-se já.

Informações e inscrições: www.fpcub.pt - fpcub@fpcub.pt 

Última hora…

Já se inscreveu, é já no próximo domingo 5 de Junho que se realiza o “13º Convívio de Cicloturismo de Cernache” a concentração é pelas 8 horas e a saída pelas 9 Horas.

A realização é da Associação Desportiva e Recreativa Vilanovense, em Vila Nova de Cernache, Coimbra, que leva para a estrada mais um passeio de grande tradição do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), a ser percorrido pelo distrito de Coimbra, com lugares sem dúvida deslumbrantes.

Um passeio que se recomenda, já que o convívio é sem dúvida muito grande, antes, durante o após a realização do passeio.

A partida está marcada para as 9 horas junto à sede da Associação, terá um percurso de 60 quilómetros aproximadamente, no final um grande almoço espera depois todos os participantes.

Marque já na sua agenda, e venha participar neste grande passeio, nós vamos lá estar, com reportagem completa do evento, faça você o mesmo, e inscreva-se já.

Inscrições e Informações:

José Pedro: 962 945 463

José Manuel: 963 935 101

António Lima: 934 422 232

Geral: 239 946 091