terça-feira, 10 de maio de 2016

“Travessia de Portugal em todo-o-terreno será em setembro”

Aventuras fora de estrada

Estão abertas as inscrições para o 2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road, evento organizado pela Comissão de Mototurismo da Federação de Motociclismo de Portugal que, de 14 a 17 de setembro de 2016, vai ligar Chaves a Faro. Cerca de 1000 quilómetros de aventura e evasão, distribuídos por três etapas com passagem pelo Fundão e Évora, atravessando algumas das melhores pistas e caminhos do País. Alguns dos quais voltarão a ser visitados, em novembro, na estreia dos Quads e UTV’s na aventura do Lés-a-Lés.

Evento de turismo/aventura, sem qualquer finalidade competitiva ou classificações, a segunda edição do Portugal de Lés-a-Lés Off-Road vai levar caravana limitada a 250 participantes a atravessar o continente de norte e sul, recorrendo a interessantes percursos em todo-o-terreno com grau de dificuldade média/baixa. Forma de permitir que todos os participantes o possam fazer sem grande dificuldade, bastando algumas noções básicas de condução fora de estrada, um pouco de resistência física e, acima de tudo, grande espírito de aventura.

As inscrições online podem ser efetuadas através do site www.les-a-les.pt estando toda a informação bem como os regulamentos disponíveis em www.fmp-live.pt. O valor da inscrição é de 250 euros tendo a FMP criado pacotes adicionais para facilitar a logística dos participantes, com a possibilidade de transportar as motos desde Porto, Lisboa ou Faro até ao local de partida e o regresso ao mesmo local (160 €). Além disso, a Federação de Motociclismo de Portugal negociou com diversas unidades hoteleiras para conseguir preços mais competitivos para as estadias durante o evento, com as dormidas em quarto duplo a custarem 145 € e 225 € caso a opção seja por um quarto single.

Abertas estão também as inscrições para o 1.º Portugal de Lés-a-Lés Quad & UTV, agendado para 16 a 19 de novembro, entre Bragança e Lagoa, com passagem por Castelo Branco e Reguengos de Monsaraz, em 1000 quilómetros divididos por três etapas. O preço de inscrição é idêntico ao do Lés-a-Lés Off-Road, sendo iguais os valores para as dormidas ao longo do evento, enquanto o custo acrescido para o transporte, apenas para os Moto4, será de 185 €.

Para marcar na agenda:

2º LÉS-A-LÉS OFF ROAD – de 14 a 17 de Setembro
Dia 14: Chaves – Receção de participantes e verificações técnicas
Dia 15: 1ª etapa: Chaves/Fundão
Dia 16: 2ª etapa: Fundão/Évora
Dia 17: 3ª etapa: Évora/Faro

1º LÉS-A-LÉS QUAD & UTV – de 16 a 19 de Novembro
Dia 16: Bragança – Receção de participantes e verificações técnicas
Dia 17: 1ª etapa: Bragança/Castelo Branco
Dia 18: 2ª etapa: Castelo Branco/Reguengos de Monsaraz
Dia 19: 3ª etapa: Reguengos de Monsaraz/Lagoa

Fonte: O Gabinete de Imprensa 2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road/Parceria Notícias do Pedal

“Ciclista holandês morre após sofrer ataque cardíaco em prova”

Fonte:  Fábio Lima

O mundo do ciclismo está de luto. Uma semana depois de ter sofrido dois ataques cardíacos na Carpatian Couriers Race, em Sub-23, o holandês Gijs Verdick não resistiu e perdeu a vida esta terça-feira, aos 21 anos, informou a equipa Cyclingteam Jo Piels.
No comunicado divulgado, a equipa holandesa revela que a situação de Verdick era "preocupante e crítica", tendo o ciclista sido colocado em "coma induzido". "No domingo voou de regresso para a Holanda, para ser transferido para o hospital de Zwolle. Na segunda-feira, Gijs faleceu", acrescenta a mesma nota.

Fonte: Record on-line

“Giro/Ulissi vence etapa, Dumoulin recupera a camisola rosa”

Foto: EPA/LUCA ZENNARO

Na quarta-feira, a quinta etapa vai ligar Praia a Mare a Benevento, no total de 233 quilómetros.
O ciclista italiano Diego Ulissi (Lampre-Merida) venceu hoje a quarta etapa da Volta a Itália, que é novamente liderada pelo holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin).
No reatar do Giro, depois do dia de descanso, que serviu para deslocar a caravana da Holanda para o sul da Itália, Ulissi foi o primeiro a cortar a meta, no final dos 200 quilómetros entre Catanzaro e Praia a Mare, com o tempo de 4:46.51 horas.
Segundo na quarta tirada, a cinco segundos, Dumoulin recuperou a camisola rosa, que tinha perdido para o alemão Marcel Kittel e lidera agora a geral com 20 segundos de vantagem sobre o luxemburguês Bob Jungels (Etixx-QuickStep) e sobre Ulissi.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Sérgio Sousa diz que é cedo falar do futuro”

O que pode significar para o futuro de Sérgio Sousa a vitória na Flèche du Sud? "Depois de um período inicial de adaptação a um ciclismo ligeiramente diferente, consegui uma grande vitória. Falar no futuro para já é muito prematuro, a época ainda vai a meio. Agora, quero dignificar ao máximo a Seleção Nacional em Portugal. Provavelmente será a minha única competição no nosso país", sublinhou Sérgio Sousa ao nosso jornal.

O ciclista da equipa austríaca Vorarlberg, 33 anos, vai competir esta semana no Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, mas integrado na Seleção Nacional. Uma prova que conta ainda com a participação de José Gonçalves, este pela Caja Rural. Dois ciclistas candidatos a lutarem pela vitória na corrida nacional, depois de terem ganho provas no estrangeiro. Gonçalves, recorde-se, venceu na semana passada a Volta à Turquia.

O Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela disputa-se de sexta-feira a domingo.

Fonte: Record on-line

“Agenda de Ciclismo”

Ciclismo internacional nas Beiras e na serra da Estrela

A região beirã recebe, no próximo fim-de-semana, duas competições internacionais. Entre sexta-feira e domingo corre-se a primeira edição do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, prova de estrada de classe 2.1. No domingo disputa-se o XCO do Fundão Crédito Agrícola, prova de classe 1 de BTT, última corrida pontuável para o apuramento olímpico que se realiza em Portugal.

O Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela estreia-se no calendário internacional na mesma categoria que a Volta a Portugal e que a Volta ao Algarve. A corrida terá três etapas e um total de 537,7 quilómetros. Espera-se um desfecho empolgante, já que a última etapa termina nas Penhas da Saúde.

A primeira etapa liga Pinhel (Praça Sacadura Cabral, 11h30) a Vilar Formoso (Avenida Plaza Europa, 15h00), ao longo de 145 quilómetros. É a viagem mais acessível, perspetivando-se uma oportunidade para os sprinters que consigam resistir ao sobe e desce da região.

No sábado há 198,6 quilómetros para ultrapassar, desde o Sabugal (Tribunal, 11h30), até ao Fundão (Avenida da Liberdade, 16h15). A longa distância introduz alguma dificuldade à tirada.

A etapa rainha está guardada para domingo, quando o pelotão sair para 194,1 quilómetros de corrida, entre a Guarda (Bombeiros, 11h30) e as Penhas da Saúde (16h30), onde a meta coincide com uma contagem de montanha de primeira categoria. Antes da ascensão final, os ciclistas vão subir a encosta de Seia/Sabugueiro até ao alto da Torre, onde passarão com 119,5 quilómetros de corrida.

O pelotão terá 15 equipas. Portugal é o mais representado, através da Seleção Nacional/Liberty Seguros e das equipas continentais Efapel, LA Alumínios-Antarte, Louletano-Hospital de Loulé, Rádio Popular-Boavista, Sporting-Tavira e W52-FC Porto. De Espanha chega a continental profissional Caja Rural-Seguros RGA e da Grã-Bretanha vem a One Pro Cycling, da mesma categoria. O pelotão completa-se com seis formações continentais estrangeiras: Amore & Vita-Selle-SMP (Ucrânia), Boyacá Raza de Campeones (Colômbia), Inteja-MMR (República Dominicana), ISD-Jorbi (Ucrânia), Lokosphinx (Rússia) e NASR Dubai (Emirados Árabes Unidos). 

A Cova da Beira terá um fim de semana de muitas emoções velocipédicas. No domingo é a vez do cross country olímpico (XCO), com a realização do XCO do Fundão Crédito Agrícola, quarta prova da Taça Cyclin’Portugal. É a última corrida pontuável para a qualificação para os Jogos Olímpicos que se realiza em território nacional.

Estão inscritos cerca de 350 corredores, que vão competir desde as 9h00, altura em que arranca a prova de masters e de cadetes. Às 11h00 correm todas as categorias femininas e os juniores masculinos. O tiro de partida para a prova de elite será dado às 14h30.

O BMX vai ser a disciplina em destaque no litoral. A pista de Vila Verde, Figueira da Foz, será palco de uma jornada dupla da Taça de Portugal, sábado e domingo. A terceira prova da Taça disputa-se a partir das 16h30 de sábado. A quarta corrida pontuável corre-se no domingo, às 11h00.

O pelotão amador de estrada desloca-se para os Açores, onde corre, de 13 a 16 de maio, a Volta a São Miguel – 7.º GP Liberty Seguros. A competição começa com um prólogo de 2 quilómetros. A primeira etapa liga Lagoa ao Salto do Cavalo, ao longo de 70 quilómetros. A segunda tirada tem 105 quilómetros, unindo o Nordeste a Ponta Delgada. A prova termina com uma viagem de 73 quilómetros, que começa em Lagoa e termina na Lagoa do Fogo.

Mais eventos oficiais

14 de maio, 10h00: Dia Paralímpico, Terreiro do Paço, Lisboa

14 de maio, 14h00: 1.º Encontro Regional de Escolas de Mondim de Basto

14 de maio, 14h00: Olisipíadas, Parque José Gomes Ferreira, Lisboa

14 de maio, 14h30: XXVII GP Arca de Noé, Vila Nova de Gaia

14 de maio, 18h00: Resistência BTT W Shopping, Santarém

15 de maio, 9h00: 4.º Passeio BTT dos BV Caldas das Taipas, Guimarães

15 de maio, 9h00: 4.º BTT Sendas do Almocreve, Serra da Aboboreira, Marco de Canaveses

15 de maio, 9h00: 4.º Trilhos dos Carreteiros, Roriz, Santo Tirso

15 de maio, 9h00: 3.º Prémio do Futebol Clube de Alverca

15 de maio, 9h00: Taça do Algarve de DHI, Estoi

15 de maio, 9h00: Troféu CPT do Algarve, Tavira/Cachopo

15 de maio, 9h30: 9.º BTT Rota do Mineiro, Ervedosa, Vinhais

15 de maio, 9h30: Fox Enduro Race, Trevim, Serra da Lousã

15 de maio, 9h30: Maratona do Centro, Batalha

15 de maio, 10h00: 3.º Prémio Juvenil da Câmara Municipal de Setúbal

15 de maio, 13h00: 3.º DHI Vila de São Torcato, Guimarães

Fonte: FPC

“Raid / Passeio BTT de Albergaria dos Doze”

29 de Maio 2016
 
Por: Jorge Gaspar

O Raid BTT terá cerca de 45km, quem quiser pode optar pelo passeio que terá um percurso mais curto com cerca de 25km. O passeio/raid desenrola-se na mancha florestal circundante a freguesia de Albergaria dos Doze, sendo que o grau de dificuldade é médio.

Raid / Passeio BTT com marcações (andamento livre), haverá classificações e prémios para os primeiros classificados do raid.


PROGRAMA:

Terça-feira, 24 de Maio 2016

Data limite para as inscrições a preço reduzido e com direito a lembrança. A partir desta data o preço de inscrição sofre um agravamento e não garantimos lembrança.

Domingo, 29 de Maio 2016

08:00 - Abertura ao secretariado no pavilhão gimnodesportivo em Albergaria dos Doze 9h15m - Briefing 9h30m – Inicio do passeio/raid 12h30m – Almoço e entrega de prémios

INSCRIÇÕES:

As inscrições deverão ser efectuadas neste site através da plataforma existente. Só serão validadas as inscrições das quais recebermos o comprovativo de pagamento.

A inscrição dos BTTistas inclui: Participação no evento, banhos, lavagem de bikes, seguro, reforço, lembranças e almoço (opcional) Efectue aqui a sua inscrição:


Lista de Inscritos:


TAXAS DE INSCRIÇÃO:

8,00€ - Filiado Fed. Port. de Ciclismo (Sem almoço) 11,00€ - Filiado Fed. Port. de Ciclismo (Com almoço) 10,00€ - Não Filiado Fed. Port. de Ciclismo (Sem almoço) 13,00€ - Não Filiado Fed. Port. de Ciclismo (Com almoço)

5,00 € - Almoço para acompanhante

Inscrição e pagamentos após o dia 24 de Maio 2016 – às taxas apresentadas acresce 5,00€
 

PAGAMENTOS:

Efectue o pagamento através de transferência bancária para a conta com o seguinte

IBAM: PT50 0045 3115 40061518168 84


INFORMAÇÕES E CONTACTOS:

NADA – Núcleo de Aventura e Desporto de Albergaria dos Doze Apartado 12 – 3101-601 Albergaria dos Doze


Telm: 966661360


LOCALIZAÇÃO E DIRECÇÕES:

A concentração será no pavilhão Gimnodesportivo de Albergaria dos Doze.

Quem circular na A1 sentido Norte Sul deve sair no nó de Pombal e seguir pela IC8 (5km) até encontrar a saída para a IC2/N1 em direcção a Pombal.

Na IC2/N1 a sul de Pombal virar a esquerda em direcção a Albergaria dos Doze. Quem circular na A1 sentido Sul Norte sair no nó Leiria, apanhar a IC2/N1 no sentido de Pombal, na IC2/N1 virar a direita nas indicações de Albergaria dos Doze.

“Juniores em bom plano na taça de Portugal”

A equipa de juniores Jorbi- Team José Maria Nicolau, realizou no passado fim de semana, as duas últimas provas da Taça de Portugal Júnior a quarta e quinta, alcançando boas exibições, mesmo em condições adversas de vento e chuva que se faziam sentir. No Sabado, numa jornada com partida e chegada a Golães (Fafe), André Cunha e Sandro Branco, destacaram-se conseguindo ambos alcançar um lugar no top-15, com o primeiro a terminar na 11ª posição e o segundo no 13º lugar. No Domingo foi a vez de partida e chegada a Penafiel, onde Sandro Branco esteve em destaque, depois de andar sempre na frente de corrida e alcançar um excelente nono lugar.

Para a história da corrida, ficam dois dias marcados pelas condições climatéricas muito adversas, de vento e chuva, que acrescentaram ainda mais dureza para os atletas presentes, que já tinham de enfrentar o traçado de constante sobe e desce, caracteristico da região.

No Sabado enumeras tentativas de fuga, mas a grande maioria sem sucesso. Só perto do final da prova um grupo de uma dezena de ciclistas se consegue isolar do pelotão já bastante fraccionado. Estando sempre atentos dois dos nossos atletas conseguem estar muito perto desse grupo, levando assim a que conseguissem alcançar dois lugares no Top-15, com André Cunha na 11ª posição e Sandro Branco no 13º lugar. 

No Domingo a prova até começou com alguns raios de sol, mas que foram de pouca dura, pois a chuva que já ameaçava marcou presença em grande força o que aliada ao duro traçado da etapa, levou ao grande fraccionamento do pelotão, que ia perdendo muitos elementos, ora por desistencias, ora por quedas. No final apenas 30 ciclistas concluiram a prova, com destaque para Sandro Branco, que rolou sempre no grupo da frente e concluiu a prova num excelente nono lugar. Destaque ainda para Bernardo Gonçalves, que terminou a prova na 17ª posição, depois de uma excelente recuperação.

Fonte: Equipa José Maria Nicolau

“ASFIC com 2 atletas no pódio em Maceda”

No Sábado. Dia 7 de maio decorreu o 2º circuito de Maceda, concelho de Ovar, circuito este com 2km de extensão. A corrida de Masters e Elites começou com algum atraso e com o mau tempo que se fazia sentir a organização decidiu encurtar o percurso e só realizar 15 voltas ao circuito, em vez das 30 previstas.

Mais uma vez a formação da AsFIC Grupo Parapedra/Dinazoo  participou nesta prova bastante desfalcada e em inferioridade numérica. A Asfic participou apenas com 3 unidades na  corrida, Rui Rodrigues, Helder Pereira e Humberto Careca.

A prova arrancou logo com muita velocidade e muita atacada, sempre com tentativas de fuga.

Na fuga do dia a equipa consegui estar presente com 1 atleta, Helder Pereira, em 8 elementos que constituíam a mesma.

 O ritmo continuou sempre elevado com sucessivos ataques, e num desses ataques isolou-se Marcelo Resende,  da escola de ciclismo Bruno neves, que acabou por ser o vencedor.

No grupo perseguidor ficaram 4 elementos onde estava o atleta da Asfic, obrigado a responder ataques sucessivos dos outros elementos.


No final o Helder acaba por fazer 2º no escalão e  5º lugar e na geral.

No pelotão, Humberto Careca foi incansável e fez um trabalho exímio, de grande carater e espirito de entreajuda com Rui Rodrigues. Desse trabalho veio a resultar a vitória de  Rui Rodrigues no seu escalão e o 7º lugar a geral.

A ASFIC dos três atletas presentes, colocou 2 no pódio ( Rui Rodrigues e Helder Pereira ). Rui Rodrigues subiu a o 1 lugar do pódio nos master 40 e Helder Pereia ao 2º Lugar do pódio nos master 30.


Agradecemos a todos os patrocinadores, que apoiam e patrocinam a equipa, pois sem a ajuda deles, era impossível participar nestas provas, que acarretam sempre grandes custos para a equipa. Também sem a ajuda dos nossos patrocinadores, era impossível  ter uma equipa com estes atletas, com o nível de qualidade, ambição e determinação que demonstram nas provas, que mesmo em grande inferioridade numérica alcançam sempre resultados positivos.

Fonte: ASFIC - GRUPO PARAPEDRA /DINAZOO / RIOMAGIC