domingo, 8 de maio de 2016

“Sérgio Sousa conquista Flèche du Sud”

O ciclista luso da Voralberg segurou a vantagem de 14 segundos para Raphael Freienstein.

Foto: NUNO VEIGA / EPA
O ciclista português Sérgio Sousa (Voralberg) conquistou hoje a Flèche du Sud, depois de terminar integrado no pelotão a última das cinco tiradas da prova luxemburguesa, em 30.º.
Depois de ter vencido a quarta etapa, Sérgio Sousa controlou o avanço de 14 segundos para o segundo, o alemão Raphael Freienstein (Kuota-Lotto) e de 29 para o terceiro, o alemão Serge Dewortelaer (Differdange-Losch).
O sétimo classificado da Volta a Portugal de 2015 somou a primeira vitória em provas de etapas da carreira.
A ligação de 136,5 quilómetros, entre Schifflange e Esch-sur-Alzette, foi vencida pelo holandês Coen Vermeltfoort (Join’s-De Rijke), em 3:01.00 horas, com o português Fábio Silvestre (Leopard) a terminar em quinto, quedando-se pelo 76.º posto da geral, a 21 minutos de Sérgio Sousa.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“Volta a Madrid: David Rodrigues finaliza em 11.º”

Ciclista da Rádio Popular-Boavista foi 27.º na segunda etapa

Por: Lusa
Foto:  Amândia Queirós 
O ciclista português David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) terminou em 11.º a Volta à Madrid, depois de terminar em 27.º a segunda etapa da prova espanhola, ganha pelo colombiano Juan Molano, em 1:39.32.
O espanhol Juan José Lobato (Movistar), vencedor da tirada inaugural, conquistou a prova de dois dias, com David Rodrigues a subir quatro lugares, para 11.º, com o mesmo tempo do vencedor.
Amaro Antunes (LA Alumínios-Antarte) ficou em 14.º, a sete segundos de Lobato. Na derradeira etapa, de 96 quilómetros, decorrida nos arredores de Madrid, Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte) foi o melhor português, com o 20.º posto.
Fonte: Record on-line

“Seleção Nacional/Liberty Seguros/ Paraciclismo”

Medalha de prata para Luís Costa também na prova de fundo

Luís Costa subiu ao pódio, pelo segundo dia consecutivo, para receber a medalha de prata da prova de fundo da classe H5 na etapa da Taça do Mundo de Paraciclismo disputada em Pietermaritzburg, África do Sul.

Depois de ontem ter sido o segundo classificado no contrarrelógio, Luís Costa repetiu hoje a posição no final dos 49,2 quilómetros da prova de fundo.

Os resultados confirmaram as expectativas e replicaram o pódio da véspera. No topo voltou a colocar-se o sul-africano Ernst van Zyl, que cumpriu o percurso em 1h24m08s. Luís Costa gastou mais 3m22s. O terceiro, a 8m34s do vencedor e compatriota, foi Andries Scheepers.

Luís Costa chegou à África do Sul, onde foi o único corredor de um país estrangeiro a participar na competição de classe H5, no terceiro lugar do ranking mundial daquela classe. Após os dois segundos lugares deste fim-de-semana irá assumir a liderança da tabela na próxima actualização.

Fonte: FPC

“Seleção Nacional/Liberty Seguros/Btt”

David Rosa 15.º no Europeu de XCO

Foto: Armin M. Küstenbrück

O campeão nacional de cross country olímpico (XCO), David Rosa, foi hoje o 15.º classificado na corrida de elite do Campeonato da Europa de XCO, ganha pelo francês Julien Absalon, em Huskvarna, Suécia.

David Rosa começou bem a corrida, chegou a rodar dentro do top 10, mas quebrou na segunda metade da corrida. O corredor natural de Fátima concluiu a prova a 5m20s do vencedor. Mário Costa foi o outro ciclista luso na prova de elite, cortando a meta no 38.º posto, a 11m46s.

Na luta pela vitória, Julien Absalon passeou classe, revalidando o título europeu ao fim de 1h35m33s de corrida. O suíço Fabian Giger ficou com a medalha de prata, a 1m40s. O checo Ondrej Cink fechou o pódio, a 2m23s do primeiro.

A Seleção Nacional/Liberty Seguros também esteve hoje representada na corrida de sub-23, ganha pelo francês Victor Koretzky. José Dias foi 30.º, a 10m16s, e Gonçalo Amado terminou na 33.ª posição, a 10m36s.

Fonte: FPC

“Taça Cyclin’Portugal de DHI”

Emanuel Pombo dominador em Ribeira de Pena

Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo) venceu e convenceu na terceira etapa da Taça Cyclin’Portugal de Downhill (DHI), hoje disputada em Ribeira de Pena.

O corredor madeirense não deu a menor hipótese à concorrência. Estabeleceu o melhor registo na manga de qualificação e confirmou a superioridade na final. Este desempenho irrepreensível valeu a Pombo a subida ao topo do ranking na categoria de elite.

Emanuel Pombo foi o único corredor a fazer a descida decisiva abaixo da marca dos três minutos. Concluiu a prova em 2’57’’528. O segundo classificado foi Francisco Pardal (Penacova DH/UD Lorvanense), a 6,58s. Gabriel Alonso (Extrembike) fechou o pódio, a 8,76s do vencedor.

Filipa Peres (RG Centro Óptico de Fafe) também não teve adversárias à altura na categoria de elite feminina. Triunfou com uma descida final concluída em 3’54’’584. A segunda classificada, a 25m45s, foi Margarida Bandeira. No terceiro lugar colocou-se Leonor Bandeira, a 1’29’’84. Filipa Peres reforçou a liderança na geral da Taça.

Bruno Almeida (Desportivo Jorge Antunes) foi o mais veloz em juniores, feito igualado por Tiago Ladeira (Casa do Povo de Abrunheira) em cadetes. Entre os veteranos impuseram-se o master 30 Rui Cabrita (Wildpack Algarve Racing), o master 40 Miguel Davila (Coruxo CC) e o master 50 José Salgueiro (MCF/Xdream/Município de S. Brás).

O Desportivo Jorge Antunes ganhou por equipas.

Fonte: FPC

“Taça de Portugal de Juniores”

J
oão Almeida conquista a Taça de Portugal

João Almeida (Bairrada) sagrou-se hoje, em Penafiel, vencedor da edição de 2016 da Taça de Portugal de Juniores. As duas últimas provas pontuáveis para o troféu foram ganhas por ciclistas afastados da luta pela geral.

O corredor da formação bairradina chegou à quarta e quinta prova da Taça de Portugal, disputadas ontem, em Golães, Fafe, e hoje, em Penafiel, com uma liderança confortável, dado que triunfara nas três corridas anteriores.

João Almeida sabia que a Taça de Portugal estava praticamente ganha, até porque o segundo da geral era o colega de equipa Daniel Viegas. Por isso, as provas deste fim-de-semana foram bastante abertas, permitindo a vitória a corredores que se destacaram do pelotão e que não colocavam em perigo a liderança dos bairradinos.

Hoje, no final dos 117 quilómetros com partida e chegada em Penafiel, impôs-se Daniel Silva (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense). Foi uma vitória concludente, deixando os perseguidores mais próximos, João Batista (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana) e Eduardo Cunha (Moreira Congelados/Feira/Bicicletas Andrade), a 3m35s.

Já ontem, em Golães, a vitória sorrira à equipa do Bombarral. O triunfador da etapa minhota da Taça de Portugal de Juniores foi o angolano Bruno Araújo, que cortou a meta, ao fim de 110 quilómetros disputados sob chuva, vento e frio, com 1m23s de vantagem sobe o segundo classificado, Fábio Silva (ACDC Trofa). O terceiro, também do conjunto trofense, foi Pedro Braga, a 1m30s.

Após estas duas corridas, em que conseguiu apenas seis pontos, João Almeida pôde celebrar a conquista da Taça. No conjunto das cinco provas do troféu somou 231 pontos. Daniel Viegas, com 203, e Daniel Silva, com 195 acompanharam-no no pódio.

A classificação coletiva da Taça de Portugal também foi ganha pela Bairrada, em igualdade pontual com a Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense. O terceiro lugar ficou para a ACDC Trofa.

Fonte: FPC

“Taça Cyclin’Portugal e World Marathon Series/Btt”

Tiago Ferreira e Liisa Ehrberg vencem em Mêda

O campeão nacional de maratonas BTT (XCM), Tiago Ferreira (Team Protek), e a estoniana Liisa Ehrberg (Veloplus Torq Proteam) ganharam hoje, em elite, a Mêda100, pontuável para o circuito World Marathon Series e para a Taça Cyclin’Portugal.

A prova, disputada sob condições meteorológicas muito adversas, revelou a grande capacidade de sofrimento de Tiago Ferreira, que ultrapassou todos os obstáculos para concluir os 107 quilómetros da maratona masculina em 4h49m38s.

A concorrência nada pôde fazer perante a superioridade de Tiago Ferreira. O minhoto José Rodrigues (FC Famalicão/Soniturismo/Bike World) foi quem mais se aproximou, gastando mais 6m53s do que o viseense. Rúben Almeida (BTT Seia) foi o terceiro classificado, a 11m59s do primeiro. O belga Frans Claes (Loving Hut MTB Team), que chegou a Mêda como número dois mundial do XCM, não foi além do quarto lugar, a 19m40s do campeão português.

A estoniana Liisa Ehrberg também se mostrou num patamar claramente superior às demais participantes na prova feminina de 89,5 quilómetros. Cortou a meta ao fim de 5h01m18s de corrida, menos 15m12s do que Tânia Neves (Clube BTT de Águeda/Blackjack) e menos 18m10s do que Celina Carpinteiro (BTT Loulé/BPI), que a seguiram no pódio.

Os efeitos do mau tempo foram mais gravosos nas categorias de veteranos, provocando muitos abandonos e situações de hipotermia. Em função disso, a prova de masters foi neutralizada na terceira zona de assistência, sendo a classificação elaborada pela ordem de chegada a esse local.

Pedro Marques (Maiatos/Reabnorte/BikeZone) foi o melhor master 30, Ricardo Gonçalves (Casa do Benfica de Castro Daire) triunfou em master 35, Ângela Gonçalves (BTT Seia) ganhou em master 30 feminina, António Ferreira (BTT Gardunha/Fundão 365 à Descoberta) venceu em master 40, Fernando Carriço (BTT Seia) foi o primeiro master 45, Elisete Sousa (BTT Loulé/BPI) encabeçou a lista de master 40 femininas, Reinaldo Luís (HC Turquel/TalachaShop/Valsabor) bateu os restantes master 50 e Manuel Pinto (Mouquim/Afacycles/Eugénios/Bargauto) teve a primazia em master 55.

O BTT Seia impôs-se por equipas.

Fonte: FPC

“Giro/ Kittel ganha ao sprint e assume a camisola rosa”

Foto: DANIEL DAL ZENNARO

O ciclista germânico ultrapassou o holandês Tom Dumoulin no primeiro posto da prova italiana, Marcel Kittel voltou a vencer no Giro
O alemão Marcel Kittel assumiu hoje a liderança da Volta a Itália em bicicleta, ao vencer a terceira etapa ao ‘sprint, somando a segunda vitória seguida na despedida do território holandês.
Na ponta final da ligação de 190 quilómetros entre Nijmegen e Arnhem, Kittel bateu os italianos Elia Viviani (Sky) e Giacomo Nizzolo (Trek), segundo e terceiro classificados, completando o percurso em 4:23.45 horas.
Com os 10 segundos de bonificação, o germânico conquistou também a camisola rosa e desapossou da liderança o holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin), agora segundo classificado, a nove segundos. O único português em prova, André Cardoso (Cannondale), fez o 61.º posto na etapa, com o mesmo tempo do vencedor e está em 91.º da geral, a 1.35 de Kittel.
A quarta etapa, de 200 quilómetros, decorre terça-feira e liga Catanzaro e Praia a Mare, já em Itália. Segunda-feira é o primeiro dia de descanso e servirá para a deslocação da caravana da Holanda para Itália.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“Reportagem no “Jornal de Ciclismo” do “17º Passeio da Associação Amigos do Brogal.2016”

Já está on-line a reportagem no “Jornal de Ciclismo”, do “17º Passeio da Associação Amigos do Brogal.2016”realizada hoje no Brogal/Parceiros Leiria, a mesma pode ser visualizada em: http://jornalciclismo.com/?p=42217 ou em: http://jornalciclismo.com/ onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Galeria Multimédia” divulgação das Fotos do “17º Passeio da Associação Amigos do Brogal.2016”

Já estão on-line na “Galeria Multimédia”, as fotos do “17º Passeio da Associação Amigos do Brogal.2016”realizada hoje no Brogal/Parceiros Leiria, as mesmas podem ser visualizadas em:

“Agradecimento aos “Amigos do Brogal”

Hoje realizou-se o 17º Passeio da Associação Amigos do Brogal, eu e a minha cara-metade que me acompanhou para mais uma reportagem, para me ajudar a fotografar o evento, fomos surpreendidos no final com mais uma homenagem, sem palavras, apenas tenho de agradecer de todo o coração, mais este momento, que dedico não só a nós que tentamos trazer sempre os melhores momentos, como a todos os cicloturistas, que é por eles que fazemos este trabalho.

Obrigado.