terça-feira, 3 de maio de 2016

“Ciclismo: Academia Joaquim Agostinho Sicasal/Constantinos/UDO em destaque na Taça Sub-23”

A equipa Sub-23 da Academia Joaquim Agostinho alcançou o 3.º lugar da geral nas duas últimas etapas da Taça de Portugal Sub-23 e conseguiu ainda subir ao pódio na classificação por equipas. As duas últimas tiradas desta competição aconteceram no dia 31 de abril e 1 de maio, na região de Aveiro, e permitiram que Luís Mendonça voltasse a estar em destaque ao alcançar o 3.º lugar nas duas etapas.

Os atletas da Sicasal/Constantinos/UDO conseguiram ainda mostrar qualidades a nível coletivo, ao alcançarem o 3.º lugar por equipas na última tirada da Taça, que ligou Ovar à Murtosa. Além do 3.º lugar, de Luís Mendonça, a equipa torriense colocou mais um atleta nos dez primeiros, João Letras (7.º lugar), e a restante equipa terminou nos Top 40.

O grande vencedor da Taça de Portugal foi César Martingil, da Liberty Seguros/Carglass.

Fonte: Academia Joaquim Agostinho




 
 


 

“Diogo Ferreira triunfou no 14º Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves”

Diogo Ferreira venceu o 14º Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves, prova para a categoria de juniores que homenageou a velha glória do ciclismo português e vencedor da Volta a Portugal de 1965. Na prova pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã, a atleta espanhola Maria Jesus Barros ganhou a classificação feminina.

Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho, tendo como patrocinador principal a Junta de Freguesia de Palmeira, a prova bracarense - que já foi ganha, entre outros, pelo Campeão do Mundo Rui Costa - foi disputada por 72 corredores num percurso de 72,7 quilómetros. À prova de homenagem ao palmeirense vencedor da Volta a Portugal de 1965, associaram-se, Peixoto Alves, Sameiro Araújo (vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga), José António Peixoto (Presidente da Junta de Freguesia de Palmeira), assim como vários autarcas, ex-autarcas e outras individualidades.

Pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã, o 14º Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves teve início na EN 101 e final depois de uma seletiva subida que culminou junto à Igreja de Palmeira. A corrida foi bastante animada do primeiro ao último instante, em especial devido à existências de oito metas volantes nas várias freguesias ao longo do trajeto.

Diogo Ferreira (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) destacou-se ligeiramente do pelotão e chegou sozinho à meta, superiorizando-se na parte final do percurso a Miguel Duarte (Tormetais / Azeméis é vida - ECBN) e João Rocha (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel), respetivamente, segundo e terceiro classificados.

"Foi um final de muita velocidade. Arranquei cedo e fiz tudo para alcançar a vitória. Estou muito feliz por ter vencido aqui. Já andava à procura de uma vitória assim há algum tempo, preparei-me bem para esta prova e sabia que se adequava às minhas caraterísticas, porque tinha um final forte", disse, no final, Diogo Ferreira.

Bruno Araújo (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) venceu duas metas volantes, tendo as restante sido ganhas por Edgar Fonte (Tensai / Sambiental / Santa Marta), Bruno Mateus (Tensai / Sambiental / Santa Marta), Nélson Pereira (Escola de Ciclismo Carlos Carvalho), Luís Pereira (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact), Diogo Ferreira (C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda) e Tiago Fernandes (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact).

A classificação coletiva foi ganha pela A.C.D.C. - Trofa, seguindo-se a equipa Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense e a Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel.

A corrida feminina foi ganha por Maria Jesus Barros (Concello do Porriño / Abanca), seguindo-se na classificação Andreia Alves (Academia Joaquim Agostinho / Femininas / UDO).

Visivelmente satisfeito, José António Peixoto, Presidente da Junta de Freguesia de Palmeira, fez no final do 14º Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves “um balanço muito positivo” da iniciativa. O autarca considera que o Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves é um “evento desportivo muito importante para Palmeira e para Braga”, acrescentando que a junta deve continuar a dar o seu contributo para que Palmeira seja dinâmica.

O 14º Circuito de Palmeira / Prémio Peixoto Alves teve o patrocínio da Junta de Freguesia de Palmeira e o apoio das seguintes entidades: Federação Portuguesa de Ciclismo, Câmara Municipal de Braga, Freguesias de Adaúfe, Navarra e Santa Lucrécia de Algeriz, União de Freguesias de Merelim São Pedro e Frossos, União de Freguesias de Merelim São Paio, Panóias e Parada de Tibães, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Seissa, Controlsafe, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

A próxima prova de ciclismo de estrada a organizar pela Associação de Ciclismo do Minho será o Prémio Freguesia de Golães / Troféu José Martins agendado para o dia 7 de maio. Pontuável para a Taça de Portugal de Juniores e para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã, a prova arrancará, pelas 14h00, junto à Igreja de Golães e terminará nas imediações da Junta de Freguesia, pelas 16h55, incluindo o percurso passagens pelos concelhos de Fafe, Felgueiras, Guimarães e Póvoa de Lanhoso.  

João Peixoto Alves - Vencedor da Volta a Portugal de 1965 

João Peixoto Alves, natural de Palmeira (Braga), nasceu a 23 de Maio de 1941 e iniciou a sua atividade no ciclismo, como popular, no Futebol Clube do Porto.

Posteriormente representou o C. C. Aldoar e o Benfica, onde se tornou conhecido como um dos melhores ciclistas portugueses. A sua carreira como profissional iniciou-se em 1960 e terminou em 1966, quando se retirou, com 25 anos, deixando um lugar difícil de preencher no ciclismo e no Benfica.

Ao longo da carreira desportiva disputou 171 provas, tendo ganho 22. Conquistou os títulos de Campeão Nacional e Regional de Rampa, no último caso por quatro vezes.

Vencedor da Volta a Portugal de 1965, alcançou ainda dois segundos e um terceiro lugares na importante competição. Na prova “rainha” do ciclismo português ganhou ainda 9 etapas, foi portador da camisola amarela em 23 e ganhou o Prémio da Montanha e a Classificação por Pontos no ano de 1963.

Participou na Volta a França do Futuro em 1963 (7º na geral e 2º na Montanha) e em 1964, tendo ainda participado na Volta à Espanha (1962, 1963 e 1965), na Volta a S. Paulo (1962 e 1966), na Volta à Catalunha (1965) e no Campeonato do Mundo (1965 e 1966).

Fonte: ACM

“José Rodrigues e Ana Rita Vale venceram o 7º Raid do Facho BTT / Maratona XCM”

José Rodrigues e Ana Rita Vale, Campeã do Minho de Maratonas, venceram em elites o 7º Raid do Facho BTT / Maratona XCM, segunda prova do Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma. A maratona conheceu ainda os seguintes vencedores: José Lourenço (master 30), Tierri Mendes (master 40), António Silva (master 50), Raquel Marques (master femininas), Ricardo Gomes (paraciclismo) e o Batotas / Ponte de Lima (equipas).

Evento de referência no panorama do BTT promovido em Barcelos pela Associação Cultural e Recreativa de Roriz e pela Associação de Ciclismo do Minho, o 7º Raid do Facho BTT / Maratona XCM foi a segunda prova do Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma.

Com um percurso diversificado e transversal às múltiplas preferências dos participantes, o Raid do Facho decorreu por freguesias do concelho de Barcelos e localidades limítrofes, englobando um traçado entre os vales do rio Neiva e do rio Cávado, entre as cidades do Galo e dos Arcebispos, onde a História e a Natureza convivem mutuamente. O Monte do Facho, coroado pelo santuário homónimo, foi o centro nevrálgico do evento, fazendo jus à designação da iniciativa.

Na vertente de competição do Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma venceu em elites José Rodrigues (F.C. Famalicão/Soniturismo/Bikeworld), depois de sprint muito disputado com o Jacinto Fiúza (Batotas / Ponte de Lima) que terminou a prov em segundo lugar e à frente de Alexandre Domingues (EDV-VianaCycles/Entreportas/Mypharma).

Ana Rita Vale (Batotas / Ponte de Lima), Campeã do Minho em elites femininas, somou em Barcelos a segunda vitória no Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma, terminando nas posições seguintes do pódio Daniela Pereira (Tomatubikers / Toyota - Macedo & Macedo) e Leandra Gomes (Batotas/Ponte de Lima).

Em master 30, o triunfo foi de José Lourenço (SPAC / Limabike / Everynutrition), enquanto Carlos Rocha (Saertex Portugal / Edaetech), Campeão do Minho de BTT XCM, e Nelson Sousa (Batotas/Ponte de Lima) terminaram em segundo e terceiro lugares.

Tierri Mendes (Saertex Portugal/Edaetech), Campeão do Minho de Maratonas, foi o melhor atleta de master 40, seguindo-se na classificação Francisco Branco (ASC / Focus Team / Vila do Conde) e Artur Ferreira (individual).

António Silva (ProRebordosa/GarrafeiraGomes/Oforsep), em master 50, foi o mais rápido a efetuar o percurso do 7º Raid do Facho BTT / Maratona XCM, garantindo o primeiro lugar do pódio à frente João Amaro (Batotas/Ponte de Lima) e de Agostinho Rodrigues (ASC / Focus Team / Vila do Conde).

Ricardo Gomes (Saertex Portugal/Edaetech), Campeão do Minho de BTT XCM e XCO, foi o vencedor na categoria de paraciclismo.

A Campeã Nacional Raquel Marques (ASC / Focus Team - Vila do Conde) foi a melhor atleta veterana, seguindo-se na classificação a sua colega de equipa Liliana Lopes e Adelaide Lopes (Saertex Portugal/Edaetech).

Na classificação por equipas, a formação minhota Batotas / Ponte de Lima foi a vencedor do 7º Raid do Facho BTT / Maratona XCM, terminando em segundo a ASC / Focus Team / Vila do Conde e em terceiro a Saertex Portugal | Edaetech.

A próxima etapa do Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma será a 2ª Maratona BTT de Paredes de Coura agendada para o dia 5 de junho seguindo-se depois a 1º Maratona de BTT de Melgaço (10 de julho) e a 3ª Maratona BTT - Berço do Alvarinho (16 de outubro).

Fonte: ACM

“4ª Prova da Taça XCM Regional do Centro”

No passado dia 01/05, os atletas do Intercaimabike/Polisport/Lojas da Visão; Jorge Martins, Nuno Almeida e o amigo Paulo Cunha, deslocaram-se à Camarneira, Cantanhede, para participar na 10ª Maratona Camarneira, a contar para a 4ª Prova da Taça XCM Regional do Centro.

Partida dada por volta das 9:35h, já com o sol bem lá no alto, e a fazer antever um dia de calor, que veio a ser minimizado pelo muito vento que se fazia sentir.

Prova muito rápida com extensão de 45kms, sempre realizada acima dos 25km/h, também devido à planimetria com poucas subidas, com muitos estradões, alguns singletracks bem desenhados, marcações do percurso em geral eram visíveis, ao km 22 tinha um reforço, mas que soube a pouco, pois o calor aperta e os líquidos tornam-se necessários ao bom desempenho dos atletas.

Prova sem percalços de maior, e os resultados foram:

Jorge Martins - 11º geral na classe Bttista com 1h 45m 

Nuno Almeida - 8º geral na classe Promoção com 1h 48m

Paulo Cunha - 22º geral na classe Promoção com 1h 56m

A próxima etapa da taça será no dia 05 de Junho em Anadia.

Agradecimento aos nossos patrocinadores;

- Lojas da Visão

- Polisport

- Tavares Auto

- Crédito Agrícola Vale de Cambra

- Leirinox

- Polivale

- Municipio de Vale de Cambra

- PartilhAdrenalina

- Luz do Horizonte

- Fullbike

- Associação Inter Caima Pinheiro Manso

Fonte: Intercaima

“Goldwin – Team José Maria Nicolau em evidencia na Taça”

A equipa de sub-23 Goldwin – Team José Maria Nicolau esteve em grande evidência, nas duas últimas provas da taça de Portugal sub-23, disputadas no passado fim de semana.  No Sabado José Neves e Victor Valinho destacaram-se na fuga do dia, que durou até bem perto do final, no Domingo numa chegada ao sprint a equipa Goldwin coloca tres ciclistas, no top-10 da classificação, sendo a segunda equipa, na classificação coletiva.

Na segunda  prova da taça de Portugal, uma ligação entre Estarreja e Arouca, a equipa Goldwin – Team José Maria Nicolau, esteve em plano de destaque, sempre com homens escapados, sendo que o mais combativo foi o “capitão” Victor Valinho, que tudo fez para vencer a classificação da montanha, ficando a um ponto de o conseguir. 

Na terceira prova da Taça de de Portugal uma ligação entre Ovar e a Murtosa, mais um dia de bastante actividade da nossa equipa, que tudo tentou para  vencer a etapa, ora através de uma fuga, ou mesmo no spint final, onde a nossa equipa conseguiu colocar três homens nos dez primeiros da classificação, com destaque para o quinto lugar de João Fernandes. 

Classificação 2ª Prova da Taça de Portugal

9º Fábio Oliveira 

13º João Fernandes

19º  José Neves

20º Marcelo Salvador 

24º Victor Valinho 

38º André Ramalho

59º Alvaro Ferreira 

60º Diogo Dias 

61º João Ribeiro

Equipa 

4º lugar 

Classificação 3ª Prova  da Taça de Portugal

5º João Fernandes

9º Fábio Oliveira

10º André Ramalho 

30º Victor Valinho 

48º Diogo Dias

53º Marcelo Salvador 

54º Bruno Coelho 

56º José Neves

Equipa:

2º lugar   

Fonte: Clube de Ciclismo José Maria Nicolau

“Orientação em BTT invade o centro de Portugal”

Águeda, Cantanhede e Mealhada acolhem Mundiais e Europeus

João Lopes

Foto: Joaquim Margarido
Davide Machado, atual número 19 do ranking mundial de Orientação em BTT, é a principal atração nacional do MTBOC'16, que decorrerá nos concelhos de Águeda, Cantanhede e Mealhada, entre os dias 24 e 31 de julho, e trará ao nosso país os melhores especialistas mundiais da modalidade. O 'BTTista' português tem como cartão de visita o triunfo, alcançado em março passado, numa prova disputada em Portugal e pontuável para o ranking mundial.
Importa referir que o MTBOC'16 não se confina apenas à categoria de Elites, com provas a contar para o Campeonato do Mundo e a Taça do Mundo, mas também aos escalões de 'Juniores' (Campeonato do Mundo), 'Jovens' (Campeonato da Europa) e veteranos ('World Masters Series'). Ao todo, são esperados na região centro de Portugal cerca de 350 praticantes, divididos por 25 seleções nacionais. 

Esta será a 14.ª edição do Campeonato do Mundo de Orientação em BTT, na categoria de Elites, e a 9.ª na categoria de Juniores. A organização está a cargo da Federação Portuguesa de Orientação, com os apoios dos municípios de Águeda, Cantanhede e Mealhad. É a segunda vez que Portugal acolhe o Mundial, depois de Montalegre ter recebido a 8ª edição, em 2010.

Portugal estará representado com equipas completas em todos as categorias.

A realização do campeonato do Mundo, pela Federação Portuguesa de Orientação na Bairrada é uma aposta dos municípios, na divulgação do desporto da floresta nos respectivos concelhos e na promoção da região da Bairrada em todo o mundo da Orientação, dando visibilidade ao reconhecido potencial e qualidade técnica para a prática da modalidade.

Fonte: Record on-line

“Leões no Azerbaijão procuram 1ª vitória”

Rinaldo Nocentini lidera Sporting-Tavira na Volta àquele país, que começa amanhã

Por: Ana Paula Marques

Foto: Filipe Farinha

O Sporting-Tavira fez ontem uma viagem com mais de 6 mil quilómetros para tentar alcançar a 1ª vitória do ano. A equipa portuguesa é uma das 21 que participam, entre amanhã e domingo, na 5ª edição da Volta ao Azerbaijão, prova 2.1, a mesma categoria da Volta a Portugal.

"Já podíamos ter ganho uma ou outra, mas a verdade é que ser 2º ou 3º não é o mesmo que ganhar. As vitórias não são fáceis de conseguir. A maioria das provas que fizemos foram internacionais, com um nível muito mais alto", disse o diretor-desportivo Vidal Fitas. E o primeiro triunfo surgirá onde termina a Europa e começa a Ásia? "Pode surgir em qualquer parte. O nível na Volta ao Azerbaijão também é muito alto. Vamos tentar, mas não será fácil."

É a segunda vez que a equipa portuguesa – agora em associação a Alvalade – participa na corrida azeri, depois da estreia em 2015. "Porque é que voltamos a participar? Por muitas razões, uma delas porque tem transmissão televisiva no Eurosport", frisou Fitas.

O italiano Rinaldo Nocentini lidera o Sporting-Tavira no Azerbaijão, que alinha ainda com os espanhóis David de La Fuente, Mario Gonzalez, Jesus Ezquerra e os portugueses David Livramento e Hugo Sabido. Bruno Pires (Roth) também participa.

Fonte: Record on-line

“Ciclismo: Golães (Fafe) recebe a Taça de Portugal de Juniores”

A freguesia de Golães, em Fafe, recebe no próximo dia 7 de maio a Taça de Portugal de Juniores. O Prémio de ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins, também pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã, é organizado pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo com o apoio da Câmara Municipal de Fafe. Com início, final e uma passagem pela meta em Golães, o percurso da prova inclui passagens pelos concelhos de Fafe, Guimarães, Felgueiras e Póvoa de Lanhoso.

O Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins (Taça de Portugal de Juniores e Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã) arrancará, pelas 14h00, junto à Igreja de Golães e terminará nas imediações da Junta de Freguesia, pelas 16h55, estando em perspetiva um excelente espetáculo desportivo, onde não faltarão momentos de grande competitividade.

Como é habitual na região do Minho, é esperada a presença de bastante público tanto nos locais de partida e de chegada como ao longo do percurso. O pelotão passará por diversas localidades dos concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Guimarães.

Patrocinado pela Câmara Municipal de Fafe, o trajeto do Prémio Freguesia de Golães / Troféu José Martins, na extensão de 117 quilómetros, será o seguinte: Golães - Fafe (14h00 - Partida simbólica), EN 206 em direção a Fafe (centro - Partida real), Rua Cidade de Guimarães, Rua dos Aliados, Avenida Brasil, EN 207, Antime, Silvares (14h12), Regadas, Felgueiras, Avenida Dr. Magalhães Lemos, EN 101, Serzedo (14h34), Vila Nova de Infantas, Paçô Vieira / Mesão Frio, EN 206, Arões, Fafe (Ponte Nova), à esq. p/Golães (início de subida), Golães (14h55 - passagem pela meta em sentido contrário), Santa Comba de Fornelos, EN 207, Travassós, Requeixo, Vila Cova, Freitas , Serafão (15h15), Taíde, Ralde, EN 205, Póvoa de Lanhoso (15h39), São Martinho do Campo (15h48), Santo Emilião, Donim, Briteiros, São Cláudio de Barco, Caldas das Taipas (16h03), Vila de Ponte, à esq. p/ Prazins - EM 583, Corvite, Prazins Santa Eufêmia, à drt. p/ Gondomar/Souto Santa Maria, Garfe (16h23), EN 207-4, Arosa, EN 207, Serafão, Freitas, Vila Cova, Requeixo (16h44), Travassós, Santa Comba de Fornelos, ponte (início de subia), Golães (16h55 - Meta final).

O Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins é organizado pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o patrocínio da Câmara Municipal de Fafe e o apoio da Freguesia de Golães, Bombeiros Voluntários de Fafe, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controsafe, Jopedois, Fafefuel, Guimarpeixe, Auto Terror, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

No ano passado, João Almeida (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) venceu isolado o Prémio Freguesia de Golães / Troféu José Martins, prova pontuável para Taça de Portugal de Juniores - Liberty Seguros. Filipe Rocha venceu a meta volante de Arões Santa Cristina e a equipa Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense a classificação coletiva. A vitória final resultou de uma fuga bem-sucedida que permitiu a João Almeida (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) chegar isolado à seletiva subida em direção meta final instalada nas imediações da Junta de Freguesia de Golões.

As várias tentativas de fuga e as movimentações constantes no grupo principal de corredores, assim como as dificuldades do percurso, fizeram com que o pelotão chegasse fracionado à meta. A corrida teve uma primeira fase de grande velocidade que deixou o pelotão em dificuldades. Após uma passagem pela meta surgiram os ataques e o desgaste da fase inicial fez-se sentir, com o grupo a fragmentar-se.

Nos últimos anos Golões tem acolhido competições de ciclismo regulares organizadas pela Associação de Ciclismo do Minho. Além disso, em 2009, numa jornada impagável da memória, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu no final do Troféu José Martins / Taça de Portugal de Juniores a apresentação do livro “A Magia do Tour - Participação dos corredores portugueses” escrito a quatro mãos por Alves Barbosa e José Magalhães Castela. O cenário desta apresentação foi a Junta de Freguesia de Golães, tendo contado com a magia dos autores que obsequiaram os inúmeros presentes com saudosas histórias de um tempo em que o ciclismo era praticado, não só na sua mais interna pureza desportiva, mas também na sua sempre necessária vertente saudável.

Na apresentação do livro, Alves Barbosa presenteou a assistência com algumas das suas memórias da aventura da volta ciclista mais apreciada no mundo, enquanto José Magalhães Castela aproveitou a ocasião para elencar praticamente toda a vida do fafense José Martins, numa singela homenagem que quis prestar a este antigo ciclista, sócio honorário da ACM e participante no “Tour de France”.

Também nesse ano de 2009, a Câmara Municipal de Fafe e a Junta de Freguesia de Golães homenagearam no final da prova José Martins e o seu irmão Manuel Martins, igualmente ex-ciclista.

Mais recentemente, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu em 2014 aquando da habitual prova de ciclismo uma cerimónia de entrega de distinções a dirigentes desportivos de Fafe em reconhecimento pelo mérito do desempenho de funções associativas ao longo de mais de três décadas. Na sequência da deliberação da Assembleia-Geral, a ACM entregou a distinção de Presidente Honorário aos fafenses Manuel Fernandes Castro e Jorge Filipe Gonçalves e de Vice-Presidente Honorário a Francisco Orlando Marinho, enaltecendo os relevantes serviços prestados ao Ciclismo e à Associação de Ciclismo do Minho. 

José Martins - Glória do ciclismo é natural de Golães

Importante freguesia do concelho de Fafe, Golães é a terra natal de José Martins um consagrado ciclista português, premiado com uma carreira internacional assinalável. Ao longo do seu percurso como profissional (1971-1980) envergou as camisolas da Coelima, Canada Dry-Gazelle, Kas-Campagnolo, Teka e Moliner-Vereco, ao serviço das quais obteve destacados resultados: Volta a Portugal/1972 e 1973 (2º e 3º), Volta à Madeira/1974 (1º), Volta à Catalunya/1974 (1º), Volta a Mallorca/1974 (1º), Volta a Aragón/1975 (2º), Volta ao País Basco/1975 (3º), Vuelta à Espanha/1975 (6º), Tour Suisse/1976 (1º Prémio da Montanha) e Tour de France/1976, 1977 e 1978 (12º, 17º e 22º).

Golães apresenta-se como uma das freguesias mais extensas, mais povoadas e mais desenvolvidas do concelho de Fafe, situando-se a quatro quilómetros da sede do concelho e estendendo-se encosta fora na margem esquerda do rio Vizela.

Como coletividades ativas e atuantes, a comunidade de Golães conta, entre outras, com a prestigiada Banda de Golães.

Fonte: ACM

“Agenda de Ciclismo”

BTT internacional em Mêda e Ribeira de Pena

Mêda e Ribeira de Pena agitam-se, no fim-de-semana, com duas provas provas internacionais de BTT. A terceira etapa da Taça Cyclin’Portugal de Downhill (DHI) disputa-se no domingo, em Santa Marinha, Ribeira de Pena. No mesmo dia, Mêda será palco da Mêda 100, pontuável para o circuito World Marahon Series e para a Taça Cyclin’Portugal de Maratonas BTT (XCM). O destaque na estrada vai para as duas últimas provas pontuáveis para a Taça de Portugal de Juniores.

A terceira etapa da Taça Cyclin’Portugal de DHI vai colocar os corredores a descer do Alto de Bustelo até Santa Marinha, ao longo de 2,2 quilómetros. A competição está marcada para domingo, às 11h00, mas no sábado já haverá treinos e animação no local.

Mêda volta a receber o circuito internacional de maratonas BTT, no próximo domingo. A Mêda 100 Marathon, pontuável para o ranking World Marathon Series e para a Taça Cyclin’Portugal de XCM, colocará frente a frente os ciclistas portugueses e alguns forasteiros que tentarão obter pontos para a classificação internacional.

Os corredores de elite, assim como os masters até 49 anos vão cumprir a maratona de 101 quilómetros. As femininas, assim como os masters a partir dos 50 anos e os paraciclistas terão pela frente 85,5 quilómetros. Vai ainda realizar-se uma prova aberta com 38,5 quilómetros. A partida está marcada para as 9h30.

A Taça de Portugal de Juniores terá uma jornada dupla e decisiva no próximo fim de semana. Golães, Fafe, homenageia o filho da terra José Martins, colocando na estrada, no sábado, o Prémio Junta de Freguesia de Golães/Troféu José Martins, quarta prova da Taça de Portugal. Será uma corrida com 110 quilómetros, com arranque às 14h00.

A última prova da Taça de Portugal de Juniores 2016 corre-se no domingo, a partir das 11h00, em Penafiel. O Prémio Cidade de Penafiel terá 117 quilómetros, iniciando-se às 11h00.

O terceiro Encontro Inter-Regional de Escolas da Zona B, na vertente de estrada, realiza-se, no próximo domingo, em Alcabideche, Cascais. O início está marcado para as 10h00.

Mais eventos oficiais

7 a 15 de maio: Transportugal Race by Garmin

7 de maio, 13h30: 4.º Encontro de Escolas, S. Vicente, Madeira

7 de maio, 14h30: 2.º GP de Ciclismo da Maceda, Ovar

7 de maio, 17h00: 2.ª prova da Taça de Estrada da Ilha Terceira, Açores

8 de maio, 9h00: 4.ª Prova da Taça Regional de XCO, Nariz, Aveiro

8 de maio, 9h00: 3.ª Maratona BTT Joaquim Agostinho, Silveira, Torres Vedras

8 de maio, 9h00: 3.ª Prova do Troféu BTT de Évora, Portel

8 de maio, 9h30: 6.º Passeio BTT Terras de Murça, Murça

8 de maio, 9h30: VII Rota das Cortelhas, Aldeia de Loureiro, Coimbra

8 de maio, 9h30: Taça DHI de S. Miguel, Maia, S. Miguel, Açores

Fonte: FPC

“Seleção Nacional/Liberty Seguros/XCO”

Portugal com seis corredores no Europeu de XCO

A Seleção Nacional/Liberty Seguros participa com seis corredores no Campeonato da Europa de Cross Country Olímpico (XCO), que vai realizar-se, no próximo fim-de-semana, em Huksvarna, Suécia.

O selecionador nacional de BTT, Pedro Vigário, chamou dois ciclistas de elite, David Rosa (Tropix) e Mário Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde), três sub-23, Gonçalo Amado (Maiatos/Reabnorte/BikeZone), Joana Monteiro (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e José Dias (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact), e o júnior João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar).

Os corredores partem nesta quarta-feira para a Suécia e iniciam a competição no sábado. Nesse dia entram em ação João Rocha, às 12h00, e Joana Monteiro, às 13h30. Os sub-23 masculinos correm às 8h30 de domingo, estando a prova de elite masculina marcada para as 14h00 do mesmo dia. (Os horários apresentados estão de acordo com a hora de Portugal Continental)

David Rosa é, até ao momento, o melhor representante de sempre de Portugal em Campeonatos da Europa, graças ao 12.º lugar alcançado em 2015. A meta para 2015 é evoluir.

“Queremos melhorar os resultados de referência, que são aqueles que alcançámos no ano passado. Além disso, especificamente na categoria de elite, partimos com a intenção de somar o maior número possível de pontos, tendo em vista o apuramento para os Jogos Olímpicos”, afirma Pedro Vigário.

Fonte: FPC

“Volta a Portugal em Bicicleta no salto de Fafe!”

Inédito! É o mínimo que se pode chamar ao percurso que antecede a chegada à "Sala de Visitas do Minho". Os finais de etapa da Volta a Portugal já são particularmente emocionantes, mas este ano, em Fafe, no dia 29 de julho, as expectativas aumentam porque as bicicletas vão percorrer um dos mais famosos troços do Rally de Portugal.

Antes da chegada à cidade, o pelotão vai percorrer, a partir de Confurco, 2,2 Km em terra batida passando pelo fantástico salto da Pedra Sentada no célebre troço da Lameirinha para depois, e já em alcatrão, iniciar a descida para Fafe. Esta novidade na Volta a Portugal, que este ano se realiza entre 27 de julho e 7 de agosto, é apoiada pelo município de Fafe.

A passagem por este troço inédito no mapa da Volta assinala o reforço da parceria estabelecida entre a Podium Events, organizadora da competição, e a Câmara Municipal de Fafe. Para o líder da autarquia, Raul Jorge Fernandes da Cunha, o regresso da Volta a Portugal em Bicicleta é o cumprir da tradição. "Cumpre-se esse desígnio, mas também uma vontade nossa em acolher iniciativas que tragam gente e promovam o território. A Volta é uma prova desportiva que desperta grandes paixões e que este ano promete trazer novidades que certamente vão acrescentar ainda mais emoção ao grande evento das duas rodas, em Fafe.” Raul da Cunha não tem dúvidas que “ter a Volta no Salto, onde habitualmente só os automóveis dão espetáculo, é uma inovação que promete não deixar as pessoas indiferentes”.

Joaquim Gomes, diretor da Volta a Portugal em Bicicleta, assegura que a passagem pelo Salto da Pedra Sentada, na Lameirinha “é o concretizar de uma intenção que, em sintonia com a estratégia dos principais organizadores de provas de ciclismo no mundo, recupera a utilização de troços que, com maior ou menor relevância histórica na modalidade, nos confronta com as dificuldades dos primórdios do ciclismo.” Renovar uma prova com tantas tradições em Portugal é uma das constantes na organização da Volta, e para Joaquim Gomes, “concretizá-la em Fafe, num dos mais fantásticos palcos do Rally de Portugal, é, sem dúvida, excecional.” O Diretor da Volta não conclui sem antes fazer referência ao nome de Miguel Barroso da RTP, “Não seria justo deixar ausente desta equação um dos mais credenciados especialistas da modalidade que, ao longo de décadas, tem liderado a produção televisiva da Volta e que inicialmente nos desafiou a abordar este troço do Rally.”

A chegada a Fafe, que se prevê particularmente espetacular, vai acontecer a 29 de julho, no final da segunda etapa da Volta a Portugal em bicicleta. Este será o décimo sexto ano consecutivo da cidade a receber as grandes emoções das duas rodas.

Fonte: Podium

“Já se inscreveu!!! De que está á espera…”

17º Passeio de Cicloturismo do Brogal”

Texto e cartaz: José Morais

É já no próximo domingo dia 8 de maio o 17º passeio de cicloturismo organizado pela “Associação Recreativa Os Amigos do Brogal”, na localidade do Brogal Rua da Gordina, Parceiros/Leiria, a concentração está marcada a partir das 8,30 horas, e a saída marcada para as 9,30.

A participação pode ser individual ou por equipas, de ambos os sexos, serão ainda no final entrega de lembranças a todos os participantes, e trofeus a equipas com mais de cinco elementos, ainda á equipa que possua mais elementos, no final do passeio haverá ainda um almoço convívio entre participantes e acompanhantes.

O evento contará com os apoios da Junta de Freguesia de Parceiros, Câmara Municipal de Leiria, Marinha Grande e Alcobaça, Deltas Cafés, e Ergovisão Pombal/Fátima, ainda da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), como reportagem completa da Revista Notícias do Pedal.

Para inscrições e informações: telefone: 244 812 297 ou 919 251 229 ou pelo mail: amigosdobrogal@hotmail.com

Faça já a sua inscrição, marque já na sua agenda, um passeio que promete muito convívio, animação, a terminar com um grande almoço, onde não vai faltar os já tradicionais carapauzinhos fritos, a delícia de quem por lá passa, faça como nós, vamos marcar mais um ano presença, com reportagem completa do evento.