domingo, 24 de abril de 2016

“Rui Costa fecha pódio da Liège-Bastogne-Liège ganha por Poels, da Sky”

Foto: Lusa

Na 102.ª edição da última prova de um dia das Ardenas, Bélgica, com 248 quilómetros de extensão, a decisão da vitória ficou restrita a um grupo de quatro ciclistas que se isolaram na penúltima subida do dia, a três quilómetros da meta
O ciclista português Rui Costa terminou hoje no terceiro lugar a 'clássica' Liège-Bastogne-Liège, ganha pelo holandês Wout Poels, que deu à equipa britânica Sky o primeiro 'monumento', depois de um 'sprint' a quatro.
Na 102.ª edição da última prova de um dia das Ardenas, Bélgica, com 248 quilómetros de extensão, a decisão da vitória ficou restrita a um grupo de quatro ciclistas que se isolaram na penúltima subida do dia, a três quilómetros da meta.
O suíço Michael Albasini (Orica) atacou na penúltima subida, em empedrado, e Rui Costa (Lampre Merida) foi o mais rápido a responder, com o espanhol Samuel Sánchez (BMC) e o holandês Wout Poels a juntarem-se ao duo, já na descida.
Mesmo com um quarteto desgastado, em que apenas Albasini comandava, o pelotão, já reduzido a 20 ciclistas pelas três subidas dos últimos 20 quilómetros, não tinha capacidade para perseguir a fuga.
A última ascensão, que habitualmente decide a prova, impediu a recolagem dos principais favoritos e Poels lançou o 'sprint' a 300 metros da meta instalada em Ans, Liège, garantindo a primeira vitória da Sky nas clássicas mais mediáticas - Milão-SanRemo, Volta à Flandres, Paris-Roubaix, Liège-Bastogne-Liège e Volta à Lombardia.
"Gostei muito da última fase da corrida. Estou orgulhoso pelo que consegui. É a vitória mais importante da minha carreira. Não me sentia em grande forma na última subida, só que os companheiros de fuga estavam todos muito cansados", explicou Poels após a corrida, vencida em 6:24.29.
Albasini garantiria o segundo posto, à frente de um Rui Costa que superou o quarto lugar da Liège-Bastogne-Liège de 2015, alcançando o segundo pódio em 'monumentos', depois do terceiro de 2014 na Lombardia.
Samuel Sánchez terminou em quarto, já a quatro segundos do vencedor, à frente do russo Ilnur Zakarin (Katusha), do checo Roman Kreuziger (Tinkoff) e do espanhol Joaquim Rodríguez (Katusha). O holandês Bauke Mollema (Trek) foi oitavo, com dois ciclistas da Astana a fecharem 'top-10', o italiano Diego Rosa e o estónio Tanel Kangert.
Dos grandes favoritos, o espanhol Alejandro Valverde (Movistar), que procurava o quarto triunfo na prova, ficou sem companheiros que o ajudassem a 'caçar' a frente da corrida e terminou em 15.º, sete lugares à frente do francês Julian Alaphilippe, primeiro e segundo, respetivamente, em 2015.
José Mendes (Bora Argon 18) foi o segundo português a completar a prova, ao fazer 86.º, a 5.27 do vencedor. Tiago Machado (Katusha) e Mário Costa (Lampre Merida) abandonaram a corrida.
A última clássica da semana das Ardenas ficou marcada pelas condições meteorológicas adversas, com neve e chuva forte, que obrigou inclusive a uma alteração de percurso entre os quilómetros 45 e 75, 'aligeirando' a prova em cinco quilómetros.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Daniel Mestre vence e veste a camisola amarela”

Ciclista da EFAPEL ganha a segunda etapa da Volta à Bairrada

Daniel Mestre impôs-se perante a concorrência na segunda etapa da Volta à Bairrada. Este triunfo permitiu ao ciclista da EFAPEL assumir a liderança da classificação geral individual. Assim, amanhã o corredor vai partir de amarelo para o contra-relógio individual, o derradeiro desafio desta prova por etapas.

Num dia em que o pelotão percorreu quase 170 quilómetros com partida e chegada ao Luso, Daniel Mestre, que já na véspera tinha terminado entre os primeiros com o seu companheiro de equipa Rafael Silva, foi o mais forte. O atleta da formação ovarense bateu Rafael Reis ao sprint.

“Um objectivo já foi conseguido. Esta é uma vitória muito merecida. É o primeiro grande triunfo e acaba por traduzir o excelente trabalho que toda a equipa tem feito ao longo da temporada. Agora vamos ver o que o contra-relógio vai dar. Sabemos que não somos especialistas e por isso partimos um pouco expectantes. É certo que daremos o nosso melhor mas teremos de ver o que os outros vão fazer. De qualquer forma, o mais importante foi alcançado. Vencemos hoje e este triunfo é muito saboroso”, afirmou o director desportivo, Américo Silva.

Para além da camisola amarela, a EFAPEL destaca-se nas classificações das metas volantes e dos sprints especiais, ambas comandadas por Filipe Cardoso.


Amanhã, a 3ª Volta à Bairrada termina com um contra-relógio individual. Os ciclistas vão percorrer 9,7 quilómetros num percurso desenhado na Pampilhosa. O primeiro corredor vai para a estrada às 12 horas.


Classificação da segunda etapa na Volta à Bairrada

    Daniel Mestre            EFAPEL                4h07m59s

    Rafael Reis            W52 - FC Porto            mt

    Samuel Caldeira        W52 - FC Porto            a 3s


19º    Álvaro Trueba        EFAPEL                a 16s

23º    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

29º    António Barbio        EFAPEL                mt

42º    Filipe Cardoso        EFAPEL                a 34s

43º    Nuno Almeida        EFAPEL                mt

95º    Rafael Silva            EFAPEL                a 20m34s

97º    Hélder Ferreira        EFAPEL                mt


Classificação geral individual após a segunda etapa na Volta à Bairrada

    Daniel Mestre            EFAPEL                7h53m09s

    Rafael Reis            W52 - FC Porto            mt

    Samuel Caldeira        W52 - FC Porto            a 3s


23º    Álvaro Trueba        EFAPEL                a 16s

29º    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

31º    António Barbio        EFAPEL                a 20s

42º    Nuno Almeida        EFAPEL                a 34s

63º    Filipe Cardoso        EFAPEL                a 11m42s

65º    Rafael Silva            EFAPEL                a 20m34s

80º    Hélder Ferreira        EFAPEL                a 26m57s

Fonte: Efapel

“3.ª Volta à Bairrada”

Daniel Mestre vence etapa e é o novo líder

Daniel Mestre (Efapel) ganhou hoje a segunda etapa da Volta à Bairrada e assumiu o comando da geral individual após os 169,5 quilómetros que ligaram o Luso a Casal Comba, na Mealhada.
Os três últimos quilómetros, sinuosos, técnicos e com uma subida que dificultou a vida aos sprinters mais puros, provocaram alguns cortes. Daniel Mestre impôs a sua boa ponta final, diante de Rafael Reis (W52-FC Porto), que foi o segundo classificado, com o mesmo tempo. Samuel Caldeira (W52-FC Porto) foi o terceiro classificado, mas perdeu a camisola amarela, dado que cedeu 3 segundos na chegada.

“O nosso sprinter, o Rafael Silva, teve de desistir, devido a um dia mau. Eu aproveitei o excelente trabalho da equipa. Depois de termos ‘batido na trave’ muitas vezes, hoje conseguimos a vitória”, afirmou Daniel Mestre.

O corredor natural de Almodôvar está na liderança, embora com o mesmo tempo e com o mesmo número de pontos que o segundo classificado, Rafael Reis. O terceiro, a 3 segundos, é Samuel Caldeira.

O desempate acontece, como se previa, na última etapa, a disputar nesta segunda-feira. O tira-teimas será um contrarrelógio individual de 9,7 quilómetros, a disputar em Pampilhosa da Serra, a partir as 12h00.

Dos grandes especialistas na luta contra o tempo em exercícios curtos, Rafael Reis parte em vantagem, uma vez que, hoje, adiantou-se 3 segundos a Alejandro Marque (LA Alumínios-Antarte), a Hugo Sabido (Sporting-Tavira) e a Ivo Oliveira (LIberty Seguros/Carglass), e 8 segundos a Gustavo Veloso (W52-FC Porto).

Nas restantes classificações, a W52-FC Porto mantém-se à frente por equipas e Samuel Caldeira segurou a classificação dos pontos. Filipe Cardoso (Efapel) é o mais pontuado nas metas volantes e nos sprints especiais, Frederico Figueiredo (Rádio Popular-Boavista) lidera a lista dos trepadores e Rui Oliveira (Liberty Seguros/Carglass) continua como melhor jovem.

Fonte: FPC

“Reportagem no “O Praticante” do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara”

Já está on-line a reportagem no “O Praticante” do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara” realizado hoje em Lisboa, o mesmo pode ser visualizado em: http://www.opraticante.pt/3o-passeio-de-cicloturismo-de-santa-clara/ ou em: http://www.opraticante.pt/  onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Reportagem no “Jornal de Ciclismo” do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara”

Já está on-line a reportagem no “Jornal de Ciclismo”, do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara” realizado hoje em Lisboa, a mesma pode ser visualizada em: http://jornalciclismo.com/?p=42037 ou em: http://jornalciclismo.com/ onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Galeria Multimédia” divulgação das Fotos do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara”

Já estão on-line na “Galeria Multimédia”, as fotos do “3º Passeio da Junta Freguesia de Santa Clara” realizado hoje em Lisboa, as mesmas podem ser visualizadas em: