sábado, 23 de abril de 2016

“Última hora… Esclarecimento”

Texto: José Morais
Caros leitores, amanhã realizam-se diversos passeios de cicloturismo do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) como sempre, tínhamos já marcada na nossa agenda a nossa participação num desses eventos, e Pombal foi o escolhido já há muito tempo, já que a agenda terá de ser elaborada com antecedência, já que temos de conciliar vários fatores para garantir a nossa presença, a qual é sempre feita nos diversos eventos do calendário da FPCUB, já que temos parceria, e as despesas assegurada pela mesma, por isso todos os eventos são obrigatoriamente do calendário oficial, já que assim se divulgam as atividades dos associados, já que são eles que pagam as quotas, caso alguma exceção de outros eventos, mas onde as despesas são por nossa conta.

Com um fim-de-semana prolongado, já que segunda-feira é 25 de abril e feriado, muitos aproveitaram umas mini férias, e acabam por não irem pedalar, porem, também nesta data existiram outras organizações a marcarem na mesma data passeios no calendário da FPCUB, e para que tudo isto não basta-se, extra calendário outras organizações, que estão filiadas noutra federação, resolveram marcar também para este dia passeios, vindo assim prejudicar passeios de tradição, caso de Pombal com 20 anos de existência.

Recebi entretanto uma chamada de Pombal de Armando Vieira, o qual me propunha a minha não ida ao passeio que constava na nossa agenda, já que o número de participantes era muito reduzido, e para fazer a reportagem de um mini pelotão pouca expressão teria, e fazer a viagem, levantar cedo, fazer desgaste na viatura e despesas com portagens e combustível, não valeria a pena pelo número de inscritos, assim seria mais interessante marcar presença noutro evento onde o número fosse mais expressivo.

Este foi sem dúvida um telefonema que não estava á espera, e esta atitude terá de ser louvada, pelo acto feito, pela iniciativa da mesma, e pelo reconhecimento do nosso trabalho, ao reconhecer a expressão de fazer uma reportagem, sem possuir uma massa massiva de cicloturistas, com esta atitude não tenho palavras, apenas dizer ao meu amigo Armando que o admiro por esta atitude, porque são decisões desta que fazem as pessoas diferentes e as organizações, obrigado.

Com esta mudança, estaremos assim amanhã a marcar presença em Lisboa, no passeio da Junta de Freguesia de Santa Clara, um passeio que lamentamos não poder ter divulgado, mas algo que nos ultrapassa, e não sabemos os motivos, não nos fizeram chegar o cartaz e detalhes deste passeio, algo que estranhamos, já que no primeiro passeio pediram-nos ajuda, apoiamos o mesmo tanto antes como depois, o ano passado não marcamos presença, por compromissos com Pombal, pela entrega do Prémio Notícias do Pedal pelo melhor passeio de 2014, este ano ficamos no esquecimento, porem como a nossa obrigação é divulgar e fazer reportagem, marcarmos presença amanhã para cobrirmos as pedaladas, e publicamos aqui o cartaz depois de fazermos pesquisa.

Lamentamos assim esta mudança, como a falta de participantes em Pombal, vários motivos originaram isso, e como já tenho falados ao longo dos anos, terá de haver bom senso quando se marcam eventos, tentando respeitar os passeios mais antigos e de tradição que ao longo dos anos tem mantido as suas datas, se existir um pouco de bom senso na marcação das datas, todos beneficiam, e todos podem ter mais participantes, já que existem datas onde não se realizam eventos, e depois existem outras saturadas.

Assim, apelo mais uma vez ao bom senso, a bem do cicloturismo e dos amantes do mesmo, porque todos ganham.

   

“Daniel Mestre e Rafael Silva entre os primeiros”

EFAPEL com dois ciclistas no top-ten da primeira etapa

A EFAPEL colocou dois ciclistas da sua equipa entre os primeiros na etapa inaugural da Volta à Bairrada. Daniel Mestre foi quinto e Rafael Silva cruzou a meta em sexto lugar. Ambos chegaram com o mesmo tempo do vencedor da tirada que ligou Luso a Mealhada, Samuel Caldeira.

A etapa de abertura da 3ª Volta à Bairrada foi discutida ao sprint. Os 161,5 quilómetros foram muito disputados e rápidos. A velocidade média foi de 43 quilómetros por hora. A EFAPEL esteve, como é seu apanágio, envolvida nos principais momentos da corrida, em particular na luta pela vitória à chegada na Mealhada.

“Entrámos na discussão da etapa tal como tínhamos definido. Estamos na luta pela classificação e vamos continuar a trabalhar, amanhã e depois, para mantermos o protagonismo”, afirmou o director desportivo, Américo Silva.

Amanhã, o pelotão pedala ao longo de 169,5 quilómetros, com partida e chegada no Luso. A partida simbólica está marcada para as 10 horas.

Classificação da primeira etapa na Volta à Bairrada

    Samuel Caldeira        W52 - FC Porto            3h45m10s

    Rui Oliveira            Liberty Seguros/Carglass        mt

    Daniel Freitas            W52 - FC Porto            mt


    Daniel Mestre            EFAPEL                mt

    Rafael Silva            EFAPEL                mt

27º    António Barbio        EFAPEL                mt

36º    Álvaro Trueba        EFAPEL                mt

44º    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

49º    Nuno Almeida        EFAPEL                mt

76º    Hélder Ferreira        EFAPEL                a 6m23s

88º    Filipe Cardoso        EFAPEL                11m08s


Classificação geral individual após a primeira etapa na Volta à Bairrada

    Samuel Caldeira        W52 - FC Porto            3h45m10s

    Rui Oliveira            Liberty Seguros/Carglass        mt

    Daniel Freitas            W52 - FC Porto            mt


    Daniel Mestre            EFAPEL                mt

    Rafael Silva            EFAPEL                mt

27º    António Barbio        EFAPEL                mt

36º    Álvaro Trueba        EFAPEL                mt

44º    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

49º    Nuno Almeida        EFAPEL                mt

76º    Hélder Ferreira        EFAPEL                a 6m23s

88º    Filipe Cardoso        EFAPEL                11m08s

Fonte: Efapel

“3.ª Volta à Bairrada”

Samuel Caldeira mais veloz na Mealhada

O algarvio Samuel Caldeira (W52-FC Porto) venceu hoje a primeira etapa da Volta à Bairrada, uma ligação de 161,5 quilómetros, entre o Luso e a Mealhada, que terminou com uma discussão ao sprint.

O velocista natural de Vila Nova de Cacela foi o ponta de lança da estratégia da W52-FC Porto, que colocou três homens nos quatro melhores. Samuel Caldeira triunfou no mesmo local onde, há dois anos conquistou a Volta à Bairrada, que, na altura, era uma prova de um dia. O segundo classificado foi o sub-23 Rui Oliveira (Liberty Seguros/Carglass) e o terceiro Daniel Freitas (W52-FC Porto).

Esta etapa proporcionou a primeira seleção de valores, com apenas 54 corredores a cortarem a meta com o mesmo tempo de Caldeira, entre eles os grandes favoritos ao triunfo final, os contrarrelogistas que poderão ditar diferenças no exercício individual de segunda-feira: Rafael Reis e Gustavo Veloso (W52-FC Porto), Ivo Oliveira (Liberty Seguros/Carglass) e Alejandro Marque (LA Alumínios-Antarte).

A segunda etapa corre-se neste domingo, ligando o Luso (11h00) a Casal Comba (15h00), ao longo de 169,5 quilómetros, que incluem a subida da serra do Caramulo, sensivelmente a meio da viagem. Sem bonificações, os 55 ciclistas que integraram o primeiro pelotão partem com mesmo tempo.

A W52-FC Porto comanda por equipas, Sanuel Caldeira é o primeiro por pontos, Frederico Figueiredo (Rádio Popular-Boavista) encabeça a tabela dos trepadores, Filipe Cardoso (Efapel) é o líder das metas volantes e dos sprints e Rui Oliveira tem o estatuto de melhor jovem.

Fonte: FPC