terça-feira, 12 de abril de 2016

“MOTORCLÁSSICO ATRAI MAIS DE 40 MIL VISITANTES”

Por: Madalena Galamba

12ª edição do evento marcada por afluência de visitantes e transacções comerciais

180 expositores, mais de 40 mil visitantes. A 12ª edição do maior evento português relacionado com veículos clássicos terminou ontem na FIL confirmando o momento vibrante do mercado dos clássicos em Portugal.  

Terminou ontem na FIL, em Lisboa, a 12ª edição do Motorclássico – Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos que registou, de novo, uma grande afluência de público, com mais de 40 mil visitantes ao longo dos três dias de evento. O êxito da 12ª edição do maior evento português relacionado com a temática dos Clássicos e da História Automóvel confirma assim a grande adesão de aficcionados e do público em geral ao universo dos clássicos e a vitalidade do mercado. 

Automóveis históricos e desportivos, raridades e veículos de culto, duas exposições temáticas, um leilão de automobilia e nove passeios de clássicos foram alguns dos ingredientes de uma programação que conquistou público e expositores.  

Salvador Patrício Gouveia, da organização do Motorclássico, faz o balanço da edição deste ano: “Sabíamos que ia ser uma edição forte, e superámos as nossas expectativas, com mais de 180 expositores reunidos na FIL e mais de 40 mil visitantes. Estamos muito satisfeitos: tínhamos uma programação atractiva e variada que soube conquistar aficcionados e público em geral, e conseguimos criar, de novo, um clima vibrante para o mercado dos clássicos.”   

“Gerou-se uma dinâmica muito positiva, que confirma a vitalidade do mundo dos clássicos em Portugal e o seu enorme potencial de crescimento. O mercado está em boa forma e fizeram-se bons negócios, confirmando que a paixão pelos clássicos está viva. Nota-se um grande entusiasmo, tanto por parte dos coleccionadores de sempre, como de novos aficionados, e esta energia é um estímulo para nós”, conclui.  

Entre os destaques desta edição, são de salientar as exposições temáticas dedicadas ao centenário da BMW e aos 70 anos da Vespa, que conquistaram o público. 

Como já é tradição, não podia faltar um automóvel histórico de grande relevo, e o Rolls-Royce Phantom III de 1937, doado pela Presidência da República ao Museu do Caramulo e que transportou a Rainha Isabel II e o General Eisenhower, entre outras figuras históricas, nas suas visitas a Portugal, foi uma das grandes atracções do Salão. No capítulo dos super desportivos, um Lamborghini Miura de 1971, do qual foram fabricadas apenas 150 unidades, fez “parar o trânsito” no stand do Museu do Caramulo. 

Ao longo desta 12ª edição do Salão Motorclássico decorreram ainda vários eventos como concentrações e passeios de motos e automóveis, um Leilão de Veículos Clássicos & Automobilia e o Salão Motor Racing, dedicado ao mundo da competição, que decorreu em paralelo durante os três dias. 

O Salão Motorclássico é organizado pelo Museu do Caramulo em parceria com a FIL – Feiras Congressos e Eventos. 

Fonte: Museu do Caramulo/Parceria Noticias do Pedal

“Vuelta Andalucía MTB 2016”

Você é um apaixonado pela bicicleta de montanha? Gostaria de subir Andalucía de uma maneira diferente?
Não perca esta oportunidade de participar na Vuelta Andalucía MTB 2016, um evento desportivo onde a cultura, natureza e turismo são combinados em torno da bicicleta de montanha.
Há quatro estágios em diferentes províncias do Sul de Espanha, entre os dias 26 a 29 de maio; um desafio desportivo com um formato variado, original e equilibrado, em cada etapa pode encontrar um desafio que é diferente do anterior.
São 250 quilómetros e 7.600 metros de subida acumulada positiva no total
1ª ETAPA. 26 de maio. LUCENA (Cordoba)
Vai começar quinta-feira, 26 maio em Lucena, na província de Córdoba, que será executado através do Sul Campo, iniciando esta etapa de montanha de altitude média, rolando e de dificuldade médio, com um itinerário de 54,2 quilómetros e 1.389 metros de subida acumulado de positivo ver em,
http://vueltaandaluciamtb.es/index.php/presentacion-etapa1
2ª ETAPA. 27 de maio. Istan (Málaga)
A segunda fase, que terá lugar sexta - feira, 27 maio, vai dar lugar a uma etapa mais difícil em Istán, na província de Málaga, com um itinerário de 75,2 km e 2838 metros de subida acumulado positivo e pode ser visualizado em:
http://vueltaandaluciamtb.es/index.php/presentacion-etapa2

Informações: info@vueltaandaluciamtb.es  www.vueltaandaluciamtb.es 
Uma vez que o desafio foi realizado, os participantes irão enfrentar o 3º dia no sábado, 28 de maio, que será mais uma etapa na província de Málaga em San Pedro Alcántara com um itinerário de 55,2 quilômetros e 1.873 metros de subida acumulado positivo.
http://vueltaandaluciamtb.es/index.php/presentacion-etapa3
4ª etapa. 29 de maio. Los Barrios (Cádiz)
E para culminar, Los Barrios (Cádiz) vai colocar o toque final à Vuelta Andalucía MTB 2016 no domingo, 29 de Maio, oferecendo um estágio de 62,75 quilômetros e 1.538 metros de subida positivo acumulado.
http://vueltaandaluciamtb.es/index.php/presentacion-etapa4
A Vuelta a Andalucía MTB 2016 também contará com um subsequente programa especial de 20 minutos de Teledeporte, o canal de desporto principais em Espanha. Canal Sur, o canal regional de televisão Andalucia também vai transmitir um resumo de cada etapa diária.
A organização oferece a possibilidade de participar de um, dois, três ou quatro estágios, bem como diferentes tipos de participação, seja equipas individuais ou em masculino, feminino ou misto.
O terceiro período de registo finaliza o 15 de maio.

info@vueltaandaluciamtb.es  www.vueltaandaluciamtb.es  
ALOJAMENTO OFICIAL
Quarta-feira, 25 maio, você pode reservar e ficar em "CEULAJ", centro de logística e alojamento oficial para o primeiro dia. CEULAJ está situado na Ctra. Alameda s / n - 29532 Mollina, Málaga. GPS Localização: 37.128763, -4,665418
Quinta-feira 26, sexta-feira 27, dia 28 sábado e domingo 29 de maio, se precisar também, pode reservar e permanecer no "Residencia Tiempo Libre Marbella". Este lugar será o centro logístico oficial para a 2ª, 3ª e 4ª etapa. "Residencia Tiempo Libre Marbella" situa-se em: A-7, Km 190, 29604 Marbella, Málaga. GPS Localização: 36.498545, -4,792222
A taxa oficial é de 30 € em meia pensão (almoço e jantar) por pessoa e dia em ambos os centros.
Mais informações em:
http://vueltaandaluciamtb.es

“Volta à Bairrada regressa à estrada com novidades”

Foto: SAPO Desporto

Isso mesmo foi reforçado por Delmino Pereira, que recordou que no vizinho concelho de Anadia funciona o Velódromo Nacional e o Centro Desportivo de Alto Rendimento.

A terceira edição da Volta à Bairrada em bicicleta vai para a estrada de dia 23 a 25, com a presença dos principais ciclistas nacionais e com mais etapas do que em 2015.

Organizada pela Câmara Municipal da Mealhada, em parceria com a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) e a Associação de Ciclismo de Aveiro, a prova passa a disputar-se em três dias (mais um do que no ano passado) e junta cerca de 140 atletas de 16 equipas (três delas espanholas), que irão percorrer 340 quilómetros na região bairradina.

"A Volta à Bairrada é um projeto importante no calendário velocipédico nacional, sendo a única prova por etapas que se disputa em Portugal durante o mês de abril", resume o presidente da FPC, Delmino Pereira, que garante que marcarão presença as principais equipas nacionais de elite e da categoria sub-23.

"Será uma corrida muito disputada e será também o primeiro grande confronto das equipas portuguesas, agora que os emblemas do Futebol Clube do Porto e do Sporting Clube de Portugal regressaram à competição", diz o presidente da FPC.

Com um orçamento total de 25 mil euros, a prova será composta por três etapas em três dias, iniciando-se no dia 23 com saída do Luso, passagens pelos concelhos de Cantanhede, Mira, Aveiro, Vagos, Ílhavo, Oliveira do Bairro, Águeda e Mortágua.

No segundo dia, os ciclistas irão arrancar de novo do Luso, passando depois por Penacova, Mortágua, Caramulo e Anadia, num total de 169,5 quilómetros.

No feriado, realiza-se um contrarrelógio de 9,7 quilómetros na Pampilhosa.

"É um privilégio para nós receber este evento, que já tem alguma dimensão", diz o vice-presidente da Câmara da Mealhada, Guilherme Duarte, que destaca "o esforço financeiro" da autarquia, a rondar os oito mil euros.

O autarca acredita que a edição de 2017 da prova terá o envolvimento de municípios vizinhos e agradece em especial o apoio dos patrocinadores da prova, na maior parte da Bairrada, lembrando a tradição da região no ciclismo.

Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

 

Alentejo vai ser a capital do ciclismo

As provas de ciclismo dos calendários nacionais que se disputam no próximo fim-de-semana vão realizar-se no Alentejo. Sábado e domingo, o concelho de Odemira recebe o Troféu José Poeira, conjunto de duas corridas pontuáveis para a Taça de Portugal de Juniores. Estremoz é o palco escolhido para o arranque, no domingo, da Taça Cyclin’Portugal de Maratonas BTT.

A segunda etapa da Taça de Portugal de Juniores corre-se no sábado, num traçado de 101,3 quilómetros, entre Amoreiras Gare e Zambujeira do Mar. O início está marcado para as 14h00, estimando-se que a chegada aconteça às 16h30.

No dia seguinte o pelotão júnior disputa a terceira prova da Taça de Portugal. Vai enfrentar uma viagem de 129 quilómetros, que começa em Vila Nova de Milfontes, às 11h00, e termina em Odemira, pouco depois das 14h15. Esta prova tem a curiosidade de, ao contrário do que é habitual em Odemira, acabar a subir. Os ciclistas vão trepar pela zona histórica para encontrarem a meta na área desportiva.

A primeira das cinco provas da Taça Cyclin’Portugal de Maratonas BTT (XCM) corre-se, no próximo domingo, em Estremoz. A partida está marcada para as 9h30. Há quatro percursos disponíveis, mas as provas de elite distribuem-se por dois percursos: a masculina percorre 97 quilómetros, com um acumulado de 2700 metros, enquanto a feminina se fica pelos 82 quilómetros, com um desnível de 2200 metros.

Mais eventos oficiais

16 de abril, 14h30: Encontro Regional de Escolas e XCO, Nariz, Aveiro

17 de abril, 8h30: Passeio BTT “Bragança Saudável”

17 de abril, 8h30: BTT Challenge Terras de Cavaleiros, Macedo de Cavaleiros

17 de abril, 9h00: 9.ª Maratona BTT de Arganil

17 de abril, 9h00: 1.ª Maratona BTT Cidade de Sines

17 de abril, 9h30: VI Maratona BTT dos Bombeiros Voluntários de Almeirim

17 de abril, 9h30: Encontro Regional de Escolas de Manique do Intendente, Azambuja

17 de abril, 10h00: Tala Ilha Azul XCO, Faial, Açores

17 de abril, 11h30: 3.ª Prova da Taça Regional de DHI, Ponta do Pargo, Madeira

Fonte: FPC

“Yaroslav Popovych passa a diretor-desportivo”

Foto: Getty Images

Ucraniano assume posição de relevo na Trek.

O ucraniano Yaroslav Popovych, que abandonou a carreira aos 36 anos após o Paris-Roubaix, vai passar a ser diretor-desportivo na Trek. "Estou preparado, é algo que estava na minha mente", confessou.

“XI Passeio de BTT do ISCPSI”

Cheque de 4000.00 euros entre à instituição “Acreditar”
Texto: José Morais/António Baganha
Fotos: António Baganha
O Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI) sediado em Lisboa, levou no passado domingo 10 de abril para a estrada, o seu 11º Passeio de Btt “A Acreditar”, um passeio misto percorrido entre terra batida e estrada, contou com a participação de 370 amantes da bicicleta, e alguns convidados, que perfez um total de 400 participantes.
O evento teve concentração junto às instalações do ISCPSI em Lisboa, teve início pelas 9 horas, para um trajeto de cerca de 30 quilómetros, com passagem por alguns locais bem conhecidos da capital como; Jamor Estádio Nacional, Avenida das Descobertas, Restelo, Polo Universitário da Ajuda, Monsanto, Parque da Serafina, onde foi feito um abastecimento (abastecimento, sólidos e líquidos) Aqueduto da Águas Livres, Parque Eduardo VII, Campolide, Rua de Campolide, Avenida de Ceuta, Alcântara Terra e Calvário.
A organização do 11º Passeio BTT-ISCPSI competiu ao grupo de trabalho do Projeto-Escola BTT do ISCPSI, sendo um estabelecimento de Ensino Superior Público que forma os futuros Oficiais de Polícia da PSP, com este evento pretendeu com a realização do passeio, angariar fundos para causas solidárias, revertendo todos os lucros a favor de uma Instituição, este ano calhou à “Acreditar”, onde no final foi entregue um cheque no valor de 4000.00 euros.
Promover a divulgação do ISCPSI e parceiros institucionais ou privados, incentivar e promover o desenvolvimento da prática desportiva em geral e do BTT em particular, ao mesmo tempo fortalecer a proximidade da Polícia de Segurança Pública (PSP) com a população, eram os objetivos do evento, que este ano teve na sua organização o, Subcomissário Bruno Torres, David Gomes, João Teixeira, Carolina Brito, Paulo Aguiar, Zacarias Fausto.
Um passeio que decorreu muito bem, com muita animação e sintonia, onde os participantes puderam confraternizar, ao mesmo tempo ter uma boa e saudável manhã desportiva.
Apenas uma parte negativa no evento, as más condições climatéricas, a chuva que cai em força, deu origem a que o passeio não pudesse ser melhor, mas que algo é sempre imprevisível, e não se pode mudar, mas que acima de tudo valeu pelos bons momentos passados, esperando que na próxima edição, o São Pedro se possa associar á iniciativa, e possa haver umas pedaladas mais secas.