quinta-feira, 24 de março de 2016

“Sicasal - Liberty Seguros - Bombarralense participa na XXII Volta ao Concelho de Loulé”

Foto: João Fonseca
Volta a Loulé 2016: Pelotão júnior celebra a Páscoa no Algarve
A Sicasal – Liberty Seguros – Bombarralense com o seu escalão de júniores vai disputar a XXII Volta a Loulé com inicio esta 5ª Feira (24 Março) e terminando no Sábado.
O pelotão nacional de júniores vai disputar a XXII Volta ao Concelho de Loulé entre esta Quinta-feira (24 de Março) e Sábado (26). Ao longo dos três dias, os corredores vão completar 261,5 quilómetros, distribuídos por quatro etapas.
A Volta a Loulé considerada a volta ao algarve para os juniores, arranca às 16h00 desta Quinta-feira com uma etapa plana de 62 quilómetros. A partida e a chegada vão acontecer na frente da Câmara de Loulé, local que acolhe todos os inícios e finais, excepto na terceira etapa.
A Sexta-feira Santa é dia de dupla jornada.
Às 10h00 arranca a segunda tirada da prova, com 81 quilómetros de extensão e passagem pela Picota, onde os ciclistas enfrentam duas subidas.
Às 16h00 acontece a única excepção à regra das partidas e chegadas no centro da cidade. Trata-se de uma crono-escalada de 2,5 quilómetros, na Cruz da Assumada.
A Volta a Loulé termina no Sábado. Às 10h00 será dado o tiro de partida para a etapa mais extensa, 116 quilómetros que se prevêem um osso duro de roer para os atletas. O traçado contempla três subidas pontuáveis para a classificação dos trepadores, que irão fazer a última e decisiva triagem de valores.
Por condicionalismo do regulamento da prova a equipa técnica chefiada por Carlos Reis convocou os seguintes atletas, Diogo Ferreira, Daniel Silva, Pedro Poeira, Rafael Piedade, Hugo Faustino, Zé Miguel, Francisco Duarte, Daniel São Marcos.
Fonte: Bombarralense

“Sporting à frente do FC Porto no ranking da APCP”

Foto: JOSÉ COELHO / LUSA

A formação leonina leva 338 pontos conquistados até ao momento, logo seguidos da W52-FC Porto, que tem 229.
O Sporting/Tavira está à frente do W52-FC Porto no ranking da Associação Portuguesa de Ciclistas profissionais. Os "leões" são mesmo o primeiro líder de 2016, numa avaliação que visa premiar a equipa e o ciclista mais regulares ao longo da época.

A formação leonina leva 338 pontos conquistados até ao momento, logo seguidos da W52-FC Porto, que tem 229. Em terceiro lugar está o Louletano-Hospital de Loulé, com 181 pontos.

A nível individual a tabela é liderada pelo espanhol David de la Fuente do Sporting, seguido de Jesús Ezquerra, outro espanhol que também defende as cores do Sporting, com 189 e 149 pontos, respetivamente. Vicente de Mateos, espanhol do Louletano, está em terceiro lugar. O melhor ciclista do FC Porto é Rafael Reis, em quinto-lugar.

Em 2015 o vencedor do troféu da APCP foi Gustavo Veloso, a nível individual, e a W52-Quinta da Lixa, em termos de equipas.
Fonte: SAPO Desporto

“Nairo Quintana sobe à líderança na Volta à Catalunha”

Foto: JAVIER LIZON / EPA

O colombiano fez a diferença na última subida, de quase 19 quilómetros e muito dura, com Contador a não o conseguir acompanhar.
O colombiano Nairo Quintana, da Movistar, é o novo líder da Volta à Catalunha, após terminar hoje em segundo na subida a Port Ainé, na etapa 'rainha' da prova, em plenos Pirenéus.
O primeiro da quarta etapa foi o belga Thomas de Gendt (Lotto), que estava mais atrasado na geral e essencialmente lutava pelo título de melhor trepador, que chegou com mais de um minuto de avanço, enquanto que, mais atrás, Quintana conseguia algum tempo precioso sobre o australiano Richie Porte (BMC) e o espanhol Alberto Contador (Tinkoff).
Quintana foi segundo, a 1.08 minutos, Porte terceiro, a 1.23, e Contador quarto, com o mesmo tempo, uma diferença que também jogou a favor do colombiano, que assim conseguiu somar mais alguns segundos de bonificação.
O colombiano fez a diferença na última subida, de quase 19 quilómetros e muito dura, com Contador a não o conseguir acompanhar e depois a fazer por limitar os prejuízos do dia, com Porte na sua cola.
O irlandês Daniel Martin (Etixx-Quick Step), anterior líder da prova, não fez uma má etapa, ao ser décimo, a 1.45 de De Gendt, mas não chegou para manter o posto.
A classificação geral 'levou uma volta', agora com Quintana com margem de oito segundos para Contador, 17 para Porte e 24 para Daniel Martin.
O português André Cardoso (Cannondale) fez uma subida razoável, chegando em 40.º, a 4.00 minutos, o que lhe permite ser já o 33.º posicionado da geral, a 4.49 de Quintana.
Na sexta-feira, a quinta etapa, de 187 quilómetros, liga Rialp a Valls.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Volta à Normandia/Timothy Dupont vence 3ª etapa, Pardini lidera”

Foto: PixaBay

Fábio Silvestre (Leopard) foi apenas 113.º, a 1.39 minutos, pelo que caiu seis lugares para 30.º, a 46 segundos do comando.
O ciclista belga Timothy Dupont (Verandas Willems) venceu hoje ao 'sprint' a terceira etapa da Volta à Normandia, mas o seu compatriota Olivier Pardini (Wallonie Bruxelles) manteve a camisola amarela.
Os 175,5 quilómetros entre Bourg-Achard e Argentan foram cumpridos em 4:16.39 horas, com Dupont a bater à chegada os holandeses Coen Vermeltfoort, Cees Bol e Tim Ariensen.
Fábio Silvestre (Leopard) foi apenas 113.º, a 1.39 minutos, pelo que caiu seis lugares para 30.º, a 46 segundos do comando.
Olivier Pardini lidera com sete segundos sobre o holandês Martijn Tusveld (Rabobank) e 11 para o francês Dylan Kowalski (VC Rouen 76).
Na sexta-feira, os ciclistas cumprem 160 quilómetros na quarta etapa, que principia e termina em Bagnoles de l'orne.
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Nelson Oliveira vai disputar as 'clássicas' belgas”

Foto: EPA/JAVIER LIZON

A cidade de Bruxelas foi abalada na manhã de terça-feira 22 de março, por duas explosões no aeroporto e uma no metro da capital, que fizeram pelo menos 31 mortos e 270 feridos.
O ciclista português Nelson Oliveira (Movistar) vai participar a partir de sexta-feira em três 'clássicas' belgas, como tinha previsto, depois de os atentados de Bruxelas terem posto em causa a sua presença.
O bicampeão nacional de contrarrelógio, que se viu impedido de viajar na terça-feira, disse hoje à agência Lusa que iria embarcar num voo rumo a Lille, França, a partir do aeroporto Sá Carneiro, no Porto, e faria o resto da viagem de automóvel até à Bélgica.
"Depois do susto, esperemos que as coisas corram dentro da normalidade", disse Nelson Oliveira, que vai disputar a E3 Harelbeke (25 de março), a Gent-Wevelgem (27 de março) e a Volta a Flandres (03 de abril).
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa