terça-feira, 15 de março de 2016

“Alentejana é o desafio dos próximos cinco dias”

EFAPEL pronta a superar infortúnio do último fim-de-semana.
Começa mais uma competição clássica do calendário velocipédico nacional e a EFAPEL está preparada para cinco dias muito exigentes pelas estradas alentejanas. A Volta ao Alentejo realiza-se até domingo e a estrutura de Ovar vai definir objectivos para cada uma das etapas, consciente que as duas primeiras jornadas são cruciais para o que possa acontecer na classificação final individual.
A EFAPEL surge com um plantel reformulado em virtude da lesão sofrida por Daniel Mestre no passado domingo. Álvaro Trueba, que não esteve no Algarve, surge no seu lugar e a formação liderada por Américo Silva está pronta para enfrentar uma competição em que participam as melhores formações nacionais e algumas equipas estrangeiras com muitos corredores de qualidade.
“A Volta ao Alentejo é uma competição importante na nossa temporada. São cinco dias intensos com etapas muito características em que as duas primeiras etapas, em especial a que dá início à prova, são mais duras e vão ter um peso importante na classificação final. Como é habitual em nós, vamos entrar com o intuito de ser protagonistas”, afirmou o director desportivo, Américo Silva.
A primeira etapa liga Portalegre a Castelo de Vide e apresenta as maiores dificuldades no relevo. Pela frente, o pelotão tem 158 quilómetros, com três metas volante, e quatro prémios de montanha, um de quarta, dois de terceira e um de segunda categorias, todas elas nos últimos 60 km do percurso.
Nome da prova
34ª Volta ao Alentejo
Data
16 e 20 de Março de 2016
Director desportivo
Américo Silva
Ciclistas
António Barbio (Contra-relogista)
Álvaro Trueba (Contra-relogista/Trepador)
Filipe Cardoso (Sprinter/Equipier)
Hélder Ferreira (Trepador)
Henrique Casimiro (Trepador)
Jóni Brandão (Trepador)
Nuno Almeida (Trepador)
Rafael Silva (Sprinter)
Fonte: Efapel

“Alentejana” procura novo vencedor Portalegre de novo anfitriã”

A partir desta quarta-feira e até a domingo, as estradas alentejanas vão vibrar à passagem da 34ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola e o eco de um pelotão com 170 elementos promete reverberar pelas planícies e colinas das diferentes geografias da região. O roteiro da “Alentejana”, dividido por cinco etapas, dita que se cumpram 907,5 km. As 22 formações presentes terão pela frente quinze Metas Volantes e oito Prémios de Montanha. O maior acontecimento desportivo da região é organizado novamente pela CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e pela Podium Events.

Uma “Alentejana” em rede

Do coração do Alentejo para o mundo! É assim que vamos estar durante os cinco dias da 34ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola. Onde quer que os amantes das duas rodas estejam, sempre que acederem à internet, podem consultar as novidades da “Alentejana” no site www.volta-portugal.com. Tudo o que acontece na competição pode ainda ser acompanhado no Facebook, no Twitter e no Instagram. É aqui que contamos com a participação de todos. A moda dos hastags (#) veio para ficar e, por isso mesmo, os amantes da “Alentejana” são convidados a partilhar mensagens e fotografias nas redes sociais com os hastags #voltaalentejo.

Fonte: Podium