domingo, 13 de março de 2016

“Eleições Confederação de associações ambientais de Portugal”

Decorreram a 12 de Março de 2016 na sede da CPADA eleições para os órgãos sociais da única Confederação de associações ambientais de Portugal.
Foi eleita uma nova Direcção composta por sete associações representativas do sector:
Presidente: Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB)
Vice-Presidente: Liga para a Protecção da Natureza (LPN)
Tesoureiro: Eco Cartaxo – Movimento Alternativo e Ecologista
Secretário: Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente (GEOTA)
Vogal: Quercus – Associação Nacional da Conservação da Natureza
Vogal: Corpo Nacional de Escutas (CNE)
Vogal: Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM)
Na direcção foram reconduzidos José Manuel Caetano (Presidente) e José Louza tendo entrado cinco novos elementos – Tito Rosa, João Branco, Jorge Revez, Helder Careto e Sara Leitão.
Os novos dirigentes propõem-se a promover a actividade da CPADA como parceiro de pleno direito junto do Órgãos do Estado em representação de um sector com uma importância social e económica crescente.
Só com forte organização e coesão do sector ambientalista será possível enfrentar os desafios do milénio como as alterações climáticas, a energia nuclear, a desertificação, a sobre-pesca e as extinções em massa.
No final da Assembleia Geral aprovou por unanimidade uma moção contra instalação de energia nuclear em Portugal .
Fonte: FPCUB

“Dois ciclistas mortos e seis feridos em atropelamento”

Foto: © EPA/SXENICK
As vítimas faziam parte de um grupo de aficionados de cicloturismo, que circulava na estrada PO-552, entre A Guarda e Bayona, no município de Pontevedra, em Espanha.
O acidente ocorreu quando o condutor do veículo todo-terreno tentou ultrapassar o grupo e apanhou pelo menos oito dos cicloturistas, conta a edição eletrónica do jornal espanhol "El País": seis ficaram feridos e dois morreram.
O condutor do jipe, um homem de 87 anos, não parou no local do acidente. Apesar de ter telemóvel, disse às autoridades não o saber o número de emergência, por isso continuou a marcha até encontrar um restaurante, onde contou o sucedido e pediu para chamar a polícia.
O condutor não acusou consumo de álcool ou drogas. "Está fisicamente bem", mas "muito nervoso" e "abalado psicologicamente", disseram fontes da polícia local, citadas pelo "El País".
O acidente ocorreu numa estrada muito frequentada por cicloturistas em dias de bom tempo. A zona onde ocorreu o sinistro é larga e tem boa visibilidade, segundo as autoridades espanholas.
Os feridos, alguns em estado grave, foram assistidos em centros médicos das imediações da localidade de San Xián, próxima do local do acidente.
Fonte: MSN Notícias

“Paris-Nice/Rui Costa termina a clássica em décimo”

Foto: EPA/SEBASTIEN NOGIER

O britânico Geraint Thomas conquistou a prova.
O ciclista britânico Geraint Thomas (Sky) resistiu este domingo aos ataques do espanhol Alberto Contador (Tinkof) e conquistou pela primeira vez a clássica Paris-Nice, enquanto o português Rui Costa (Lampre-Mérida) terminou no 10º lugar.

A sétima e última etapa, que teve um total de 134 quilómetros, com início e chegada em Nice e que foi ganha pelo belga Tim Wellens (Lotto), consagrou Thomas, vencedor da Volta ao Algarve em 2015 e 2016, que superou Contador por apenas quatro segundos, terminando a tirada no 11.º posto.

Wellens, que completou o percurso com a marca de 3:16.09 horas, cruzou a meta com cinco segundos de vantagem sobre Contador, segundo classificado, e sobre o australiano Richie Porte (Sky), terceiro na tirada e também terceiro na geral.

No último dia de competição, Rui Costa chegou a lutar pelo triunfo, mas acabou a etapa no sétimo lugar, também a cinco segundos do vencedor, um resultado que permite ao ciclista português entrar no top-10 da 74.ª edição do Paris-Nice.

Mário Costa, irmão e colega de equipa de Rui Costa, terminou a etapa no 92.º lugar, a 16 minutos de Wellens, e despede-se da prova francesa no 118.º posto, a mais de uma hora de Thomas.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“GP Liberty Seguros”

August coroado em etapa ganha por Routley
O norueguês Jensen August (Team Coop-Oster Hus) conquistou hoje o 8.º Grande Prémio Liberty Seguros, que terminou, em Lagoa, com vitória do canadense Will Routley (Rally Cycling) na segunda e última etapa.
Os derradeiros 186,6 quilómetros da prova, que celebraram Lagoa Cidade do Vinho 2016 com a partida e a chegada da etapa a acontecerem naquela cidade algarvia, foram disputados a alta velocidade – média de 41,119 km/h – e com grande intensidade competitiva.
Jensen August garantiu a Camisola Amarela Liberty Seguros graças aos 3 segundos de bonificação que amealhou nas metas volantes da tirada. Foi essa a diferença que o separou do segundo classificado na geral, Will Routley. O terceiro na geral foi o espanhol Vicente Garcia de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), melhor corredor das equipas portuguesas, a 5 segundos.
"Foi uma corrida muito dura. Fiquei apenas com um colega de equipa para os últimos 100 quilómetros. Tivemos de trabalhar muito para manter tudo junto no grupo da frente. Na chegada só tive de garantir que não perdia tempo. Acabo esta prova muito satisfeito por ganhar a classificação geral", afirmou Jensen August, antes da coroação no pódio.
Will Routley teve de contentar-se com o triunfo na etapa, diante de Imanol Estévez (Euskadi Basque Country-Murias) e de Vicente García de Mateos, segundo e terceiro na jornada. "A equipa fez o reconhecimento dos últimos 25 quilómetros desta etapa e eu sabia que atacar no último topo poderia dar-me a vitória. Acabei por ser apanhado e pensei que já não teria hipóteses no sprint. No entanto, ao fim de duas etapas muito duras, estavam todos cansados e ainda conseguir vencer. A época passada não correu como eu queria. Fiz um 'reset' no defeso e é sempre bom começar com esta vitória o novo ano", avança o ciclista oriundo do Canadá.
O espanhol David de la Fuente (Sporting-Tavira) terminou o Grande Prémio Liberty Seguros como rei da montanha, sendo um incontestável dono da Camisola Azul Água Hotels, já que ganhou três das quatro contagens de montanha da corrida. Vicente García de Mateos, terceiro classificado em ambas as etapas, leva para casa a Camisola Lilás Lagoa Cidade do Vinho, de melhor homem na tabela dos pontos.
O basco Imano Estévez conquistou a Camisola Branca Turismo do Algarve, de melhor jovem, mercê do segundo lugar na etapa deste domingo e da desistência, por sintomas gripais, do anterior líder da juventude, Rúben Guerreiro. O Sporting-Tavira ganhou por equipas.
Classificações
2.ª Etapa: Lagoa Cidade do Vinho
Lagoa - Lagoa, 186,6 km
1.º Will Routley (Rally Cycling), 4h32m1s
2.º Imanol Estévez (Esukadi Basque Country-Murias), mt
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), mt
4.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), mt
5.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida), mt
6.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), mt
7.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt
8.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista), mt
9.º Jensen August (Team Coop-Oster Hus), mt
10.º Enric Mas (Klein Constantia), mt
Geral Individual Final
1.º Jensen Augusto (Team Coop-Oster Hus), 7h32m37s
2.º Will Routley (Rally Cycling), a 3s
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 5s
4.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida), a 7s
5.º Imanol Estévez (Esukadi Basque Country-Murias), mt
6.º Jerôme Mainard (Armée de Terre), a 10s
7.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), a 11s
8.º Tyler Williams (Axeon-Hagens Berman), a 12s
9.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), a 13s
10.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt
Fonte: FPC

“Taça Cyclin’Portugal de XCO”

David Rosa e Nataljia Krompets ganham em Viana
O campeão nacional de cross country olímpico (XCO), David Rosa, e a ucraniana Nataljia Krompets são os primeiros líderes da Taça Cyclin’Portugal de XCO, graças aos triunfos que hoje conseguiram na primeira prova pontuável, disputada em Viana do Castelo.
O campeão português esteve imparável nesta prova a contar para a qualificação olímpica, cruzando a meta em solitário, com uma vantagem de 3m16s sobre Sergii Rysenko (Seleção da Ucrânia), segundo classificado. O terceiro foi o romeno Dascalu Vlad (Baque Campos Team), a 3m21s de David Rosa. O ciclista da Roménia foi o melhor sub-23.
As corredoras estrangeiras dominaram a prova de elite feminina. Uma semana depois de ter brilhado no Algarve Bike Challenge, Nataljia Krompets (Seleção da Ucrânia) foi a mais forte no arranque da Taça Cyclin’Portugal, relegando a espanhola Lucia Vázquez (Maiatos/Reabnorte/Bikezone) para o segundo lugar, a 2m25s, e a estoniana Maaris Meier (ProRebordosa/Garrafeira Gomes/Oforsep) para o terceiro posto, a 3m56s. A melhor sub-23 foi Joana Monteiro (ASC/Focus Team/Vila do Conde).
Em juniores impuseram-se João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e a britânica Emily Wadsworth (Beeline Bicycles RT), enquanto o espanhol Carlos Blanco (Academia Posta-Actyon) e lusa Raquel Silva (BTT Loulé/BPI) ganharam em cadetes.
Nas categorias de veteranos, as vitórias foram para Cesário Filipe (Róódinhas/Santos Silva), em masters 30, Francisco Anjos (Nutrimania Sports Nutrition/GDVP), em masters 40, António Silva (ProRebordosa/Garrafeira Gomes/Oforsep), em masters 50, e para Ângela Gonçalves (BTT Seia), em femininas.
A Nutrimania Sports Nutrition/GDVP ganhou por equipas.
A Taça Cyclin’Portugal de XCO prossegue no próximo domingo, 20 de março, com a disputa do XCO Internacional de Marrazes, em Leiria, uma competição de classe 1 internacional, também pontuável para a qualificação olímpica.
Fonte: FPC

“Atualização do Canal NP-TV com o “Vídeo do 1º Passeio Desportivo Monte Real”

A Revista Notícias do Pedal acaba de atualizar o seu canal de televisão “Notícias do Pedal-TV” no YouTube e no MEO/KANAL com o “Vídeo do 1º Passeio Desportivo Monte Real”.


Para ver o vídeo no MEO/KANAL, quem possuir MEO, pode aceder carregando na tecla verde do comando, inserir o código 531450, e ver no MEO/KANAL este e outros filmes, podendo consultar toda a programação. Podem ver ainda através do seguinte link: https://kanal.pt/lista-canais/comunicao-social/lisboa/vila-franca-de-xira/?display=grid&order=updated 

Desejamos que passem e recordem bons momentos.