domingo, 6 de março de 2016

Foto: VALERY HACHE
O sprinter da Orica GreenEdge assume assim a liderança da primeira competição do World Tour, Michael Matthews superou por um segundo Tom Dumoulin
O ciclista australiano Michael Matthews surpreendeu a concorrência e garantiu hoje a primeira vitória da época no prólogo de 6,1 km da Paris-Nice, a decorrer em circuito parisiense, envergando assim a primeira camisola de líder.
O 'sprinter' da Orica GreenEdge cumpriu o percurso em 07.39 minutos, superando o favorito holandês Tom Dumoulin (Giant Alpecin), por um segundo.
O vice-campeão mundial da temporada de 2015 (vencido pelo eslovaco Peter Sagan) é o líder da primeira prova do World Tour, já depois de na época passada ter envergado a 'amarela', após vitória ao ‘sprint’ na terceira tirada.
Além de Dumoulin, o britânico Geraint Thomas (Sky) e o australiano Richie Porte (o ciclista da BMC venceu a edição de 2015) mantêm-se no lote de favoritos, ao perderem para o líder apenas 07 e 10 segundos, respetivamente.
O espanhol Alberto Contador (Tinkoff), a 16 segundos, e Rui Costa (Lampre), a 32, foram os principais derrotados do dia, entre o lote dos candidatos à geral, com o português a ser 88.º no prólogo da Paris-Nice, onde já fez 2.º e 4.º lugar (2014 e 2015).
Sem ambições à geral, os portugueses Mário Costa (Lampre) e Sérgio Paulinho (Tinkoff) ficaram a 43 segundos de Matthews, em 126.º e 129.º.
A primeira etapa em linha terá 198 quilómetros e decorre segunda-feira, entre Condé-sur-Vesgre e Vendôme.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“Três portugueses no Paris-Nice”

Foto: EPA
Rui Costa, Mário Costa e Sérgio Paulinho presentes
Rui Costa, Mário Costa (ambos da Lampre) e Sérgio Paulinho (Tinkoff) participam no Paris-Nice, que começou hoje. Será o primeiro grande confronto da época. Alberto Contador (Tinkoff) e o britânico Geraint Thomas (Sky), vencedor no Malhão e bicampeão da Volta ao Algarve, respetivamente, são os grandes favoritos a vencerem a 2.ª prova do World Tour.
Fonte: Record on-line

“Fabian Cancellara faz o 'tri' na Strade Bianche”

Foto: ERIC FEFERBERG / AFP
O ciclista suíço da Trek já havia vencido em 2008 e 2012.
O suíço Fabian Cancellara venceu a ‘clássica’ Strade Bianche e estabeleceu o recorde de triunfos da prova italiana (três) de 176 quilómetros, que prepara os ciclistas para as 'clássicas' de março e abril.
Quatro vezes campeão mundial de contrarrelógio, da Trek, repetiu as vitórias de 2008 e 2012, superiorizando-se na descida final ao checo Stybar (Etixx), vencedor da última época.
A Etixx colocou três ciclistas no 'top-5' da prova, mas nem isso impediu Cancellara de triunfar e de se assumir como candidato às reconquistas da Milano-San Remo (venceu em 2008) e do Paris-Roubaix, onde procura igualar o recorde dos belgas Tom Boonen e Roger de Vlaeminck, com quatro triunfos cada.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“Seleção Nacional/Liberty Seguros Btt”

David Rosa vence etapa e termina em segundo na geral
O português David Rosa venceu hoje a terceira e última etapa da Copa Internacional de BTT, em Araxá, Brasil, terminando na segunda posição da geral a competição de categoria extra e pontuável para o apuramento olímpico.
O corredor da Seleção Nacional/Liberty Seguros abordou a última etapa, disputada em circuito de cross country olímpico, na ofensiva. David Rosa atacou desde o início e rolou na frente da corrida até final, triunfando diante do brasileiro Henrique Avancini.
O corredor do Brasil defendeu-se bem e manteve o primeiro posto na geral. David Rosa galgou quatro posições e passou de sexto a segundo classificado, cumprindo a meta com que iniciou a Copa Internacional: terminar dentro dos três melhores.
"O David fez a corrida que tinha de fazer, sempre com o Henrique Avancini na roda. Na última volta conseguiu deixar o rival para trás. Deu um grande recital de BTT, empolgando a moldura humana fantástica aqui presente. No entanto, o mau dia no contrarrelógio impediu-nos de chegar à vitória”, analisa o selecionador nacional, Pedro Vigário.
O segundo lugar de David Rosa garante a Portugal mais 140 pontos nas contas do apuramento para o Rio de Janeiro.
Fonte: FPC

“Cavendish e Wiggins campeões do Mundo de pista”

Autor: Ana Paula Marques
Foto: epa
Ouro em Londres na prova de madison
Corrida soberba que Mark Cavendish e Bradley Wiggins realizaram no Velódromo Olímpico de Londres. A competir em casa, a dupla britânica sagrou-se campeã do Mundo de pista na prova de madison, numa demonstração de classe e tática que ficará para memória futura.
Depois de até à 20.ª, das 200 voltas, terem amealhado pontos suficientes, Cavendish e Wiggins recuperam de forma espetacular a volta de atraso que tinham para algumas equipas, levando o público ao rubro. A Grã-Bretanha terminaria com 21 pontos, à frente da França (14) e Espanha (12), que completaram o pódio.
O ouro conquistado em Londres lança a dupla para a corrida ao título olímpico no Rio de Janeiro'2016.
Fonte: Record on-line

“Hong Kong organiza Mundiais de pista em 2017”

Foto: HECTOR GUERRERO / AFP
Hong Kong já tinha recebido recentemente uma etapa da Taça do Mundo, ciclismo de pista ruma à Ásia em 2017.
A União Ciclista Internacional (UCI) anunciou que os Mundiais de pista de 2017 serão realizados em Hong Kong, o segundo país asiático a acolher as provas, depois de Maebashi, no Japão, em 1990.
A cidade chinesa de Shenzen chegou a ser nomeada para acolher os Mundiais de pista de 2003, mas a organização acabou por ser ‘desviada’ para Estugarda, na Alemanha, devido a um surto de pneumonia atípica.
Em janeiro, Hong Kong tinha sido palco de uma etapa da Taça do Mundo da especialidade.
Fonte: SAPO Desporto

“Taça Cyclin’Portugal de DHI”

Edgar González acelera para a vitória no Algarve
O espanhol Edgar González (Vadebicis-Mondraker) venceu em S. Brás de Alportel, a primeira corrida pontuável para a Taça Cyclin’Portugal de Downhill (DHI).
O corredor espanhol, que não foi além da nona posição na descida de qualificação, surpreendeu toda a concorrência na final, descendo para a vitória com um registo de 2m23,137s. O pódio completou-se com dois britânicos, Sam Dale, segundo, a 1,237 segundos, e Josh Bryceland (Santa Cruz Syndicate), terceiro, a 2,154s.
A prova deste domingo contou com uma participação de alto nível, vinda de vários países. No top 10 de elite masculina há seis nacionalidades representadas, naquilo que é um exemplo prático dos objetivos do programa Cyclin’Portugal: atrair ao país ciclistas de diferentes proveniências, de várias vertentes da modalidade. O melhor português foi Emanuel Pombo (Ciclo Madeira), sexto classificado, a 3,269 segundos do vencedor.
No setor feminino a vitória coube à britânica Tahnee Seagrave (Transition FMD Racing), que terminou com uma vantagem de 9,876 segundos sobre a portuguesa Filipa Peres (RG/Centro Ótico de Fafe) e com 19,434 segundos face à compatriota Lucy Drees, que a acompanharam no pódio.
A vitória em juniores também foi conquistada por um corredor da Grã-Bretanha, Charlie Hatton, enquanto o melhor cadete foi o luso Cláudio Sousa (MS Racing Portugal).
Nos veteranos registam-se os triunfos de Rui Cabrita (Wildpack Algarve Racing), em masters 30, Rui Cruz (MCF/Xdream/Município de S. Brás), em masters 40, e de José Salgueiro (MCF/Xdream/Município de S. Brás), em masters 50.
Fonte: FPC

“Clássica Primavera/Matti Manninen triunfa em solitário”

O finlandês Matti Manninen (Bliz-Merida) venceu hoje a 20.ª edição da Clássica Primavera, cortando a meta em solitário, na Avenida dos Banhos, Póvoa de Varzim, depois de percorridos 145,7 quilómetros.
Matti Manninen, da equipa sueca que estagia em Portugal desde janeiro, surpreendeu o pelotão nacional, atacando no grupo de fugitivos para suceder a Pedro Paulinho como vencedor da clássica poveira. O segundo classificado, a 3m01s, foi mais Sebastian Baylis, da britânica Zappi’s, outra formação em trabalho no Algarve desde o início do ano. O terceiro classificado e primeiro do pelotão, a 3m48s do vencedor, foi o português Rafael Silva (Efapel), que ainda celebrou, pensando ser o vencedor da prova.
“A fuga não estava a funcionar muito bem, os outros corredores pareciam cansados e eu decidi acelerar. Agora quero estar bem nas próximas corridas que teremos em Portugal, o Grande Prémio Liberty Seguros e a Volta ao Alentejo”, afirmou Matti Manninem, que foi quinto classificado no Europeu de sub-23, em 2014, ano em que se sagrou campeão finlandês de contrarrelógio.
O segundo lugar valeu a Sebastian Baylis a vitória entre os sub-23, diante de Luís Gomes e de Rui Oliveira, ambos da Liberty Seguros/Carglass. Matti Manninen juntou a vitória absoluta aos triunfos na montanha e nas metas volantes. A Bliz-Merida foi a melhor equipa, mercê do esforço solitário de Manninen.
Classificação da Clássica Primavera
1.º Matti Manninen (Bliz-Merida), 3h52m07s
2.º Sebastian Baylis (zappi’s), a 3m01s
3.º Rafael Silva (Efapel), a 3m48s
4.º Daniel Freitas (W52-FC Porto), mt
5.º Luís Mendonça (Sicasal/Constantinos/UDO), mt
6.º Rafael Reis (W52-FC Porto), mt
7.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista), mt
8.º Luís Gomes (Liberty Seguros/Carglass), mt
9.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt
10.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), mt
Fonte: FPC

“Equipa de ciclismo riomaiorense ASFIC – GRUPO PARAPEDRA / DINAZOO / RIOMAGIC apresentou plantel para a época 2016”


O Auditório do Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior recebeu-nos na tarde deste sábado, 5 de março, para a apresentação nossa equipa de ciclismo.
A cerimónia, que foi conduzida, pelo diretor Rui Medina, contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, do Vereador do Desporto da autarquia riomaiorense, Lopes Candoso, do Presidente da Junta da União das Freguesias de São João da Ribeira e Ribeira de São João, Leandro Jorge, e do Presidente da Associação Físico Cultural da Ribeira de São João (ASFIC), Luís Vicente. Na plateia estavam também diversos patrocinadores da equipa.
Francisco Camacho, que sucede a Orlando Alexandre, é o novo treinador da equipa. “Tudo iremos fazer com orgulho e dedicação para dignificar o nome de Rio Maior”, frisou.
O novo treinador da equipa pediu ainda o apoio de todos, prometendo sucesso: “Iremos fazer todos os possíveis para que a ASFIC esteja sempre no lugar mais alto do pódio”.
O Presidente da União das Freguesia de São João da Ribeira e Ribeira de São João, Leandro Jorge, frisou “ser um orgulho estar na Cidade do Desporto a apresentar uma equipa que já está no patamar nacional”.
Leandro Jorge terminou a sua intervenção destacando o trabalho que tem sido feito pelo diretor da equipa Rui Medina, “grande parte do sucesso desta equipa passa por ele e pelos patrocionadores da ASFIC”, concluiu.


Seguiu-se a intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, que começou por desejar as maiores felicidades à equipa, brincando de seguida por a cor predominante dos equipamentos ser o amarelo, “é caso para dizer que antes de o serem vocês já são os camisolas amarelas”, sustentou a autarca que de seguida frisou: “Espero que consigam alcançar os vossos objetivos e que levem bem longe o nome do Concelho de Rio Maior”.
A presidente riomaiorense terminou a sua intervenção dizendo: “O vosso sucesso será também o sucesso de Rio Maior”, concluiu.
De seguida usou da palavra Luís Vicente, Presidente da ASFIC, que começou por se dirigir aos patrocinadores: “Sem o vosso apoio a equipa não tinha alcançado o sucesso que alcançou”.
Luís Vicente terminou com uma palavra de incentivo aos atletas, “tenham vaidade na camisola que vestem. Espero que a honrem respeitando sempre as ordens dos vossos superiores”, finalizou o responsável máximo do clube.
A finalizar esta sessão, o diretor Rui Medina salientou também a importância de todos os patrocinadores da equipa, destacando o Grupo Parapedra e a Dinazoo.
Agradecemos a Ex srª Presidente e à DESMOR, pela cedência das instalações, para a apresentação da equipa.
O plantel da ASFIC para a próximo época será assim composto:
Diretor Desportivo- Rui Medina
Treinador – Francisco Camacho
Ciclistas:
Nuno Margalho – 43 anos
Rui Rodrigues (Campeão Nacional de Contra-Relógio Individual) – 42 anos
Jorge Madeira – 23 anos
Ricardo Silva – 41 anos
João Portela (Campeão Nacional de Estrada) – 32 anos
Jorge Letras – 29 anos
Hélder Pereira – 33 anos
Diogo Silva – 28 anos
Humberto Careca – 38 anos
Luís Vicente – 37 anos
Fonte: ASFIC - GRUPO PARAPEDRA /DINAZOO / RIOMAGIC

“Obrigado Desportivo Monte Real, Tires”

Hoje foi dia de abertura do calendário oficial da FPCUB, e o Desportivo Monte Real, de Tires, concelho de Cascais levou para a estrada o seu primeiro passeio, algo que já estava para se realizar algum tempo, e este ano nas comemorações dos seus 40 anos de existência se concretizou.
Uma promessa minha, de que no seu 1º Passeio iria estar presente e fazer a cobertura do mesmo, e o prometido é devido, apenas lamento alguns momentos onde a chuva caiu em força, e não deu para recolher mais imagens, mas todo o trabalho feito valeu a pena.
Porem, tenho desde já agradecer a forma como toda a direção e organização me recebeu, e ainda destacar a supressa que me fizeram ao me distinguirem com uma lembrança muito especial e homenagem, fiquei sem palavras, ao qual ficam um grande e grande obrigado, com um abraço muito especial ao meu Amigo António Augusto.
Porem também queria deixar um agradecimento a todos que participaram e esperaram pela chegada da minha presença cerca das 9,30, muitos tiveram conhecimento, outros não, mas por motivos profissionais, tendo estado de 24 horas, e só ter saído às 9 horas da manhã de domingo, o meu atraso, mas apesar de todos os sacrifícios feitos, é sempre compensador receber o carinho de todos, por isso esta minha distinção hoje recebida pelo Desportivo de Monte Real, é também dedicada a todos que me tem acompanhado ao longos destes anos, e onde tenho muitos e muitos amigos.
Obrigado.

“Reportagem no “O Praticante” do 1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires”

Já está on-line a reportagem no “O Praticante” do 1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires”, a mesma pode ser visualizado em: http://www.opraticante.pt/desportivo-de-monte-real-em-tires-abre-calendario-oficial-da-fpcub/ ou em: http://www.opraticante.pt/  onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Reportagem no “Jornal de Ciclismo” do 1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires”

Já está on-line a reportagem no “Jornal de Ciclismo” do 1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires”, a mesma pode ser visualizada em: http://jornalciclismo.com/?p=41484 ou em: http://jornalciclismo.com/ onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Galeria Multimédia” divulgação das Fotos do “1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires”



Já estão on-line na “Galeria Multimédia”, as fotos do “1º Passeio do Desportivo Monte Real, Tires” realizado hoje no concelho de Cascais, as mesmas podem ser visualizadas em: