domingo, 28 de fevereiro de 2016

“Jasper Stuyven vence a Kuurne-Bruxelas-Kuurne”

Autor: Lusa
Foto: Getty Images
É considerado uma das promessas do ciclismo belga
Jasper Stuyven (Trek) impôs-se este domingo em solitário na clássica Kuurne-Bruxelas-Kuurne, mostrando o porquê de ser considerado uma das grandes promessas do ciclismo belga.
Em fuga com outros 15 corredores, entre os quais os compatriotas Tom Boonen (Etixx-QuickStep), uma referência nas clássicas, e Greg Van Avermaet (BMC), que no sábado venceu a Het Nieuwsblad, o corredor de 23 anos lançou um demolidor ataque a 17 quilómetros do final para ser o primeiro em Kuurne.
Depois de Stuyven, que cumpriu os 200,7 quilómetros da prova em 4:53.50 horas, chegou o norueguês Alexander Kristoff (Katusha), que dominou o sprint dos perseguidores, batendo Nacer Bouhanni (Cofidis), terceiro, também a 17 segundos do primeiro.
O corredor da Trek, que é considerado o "novo Tom Boonen" pelos meios de comunicação belgas, vingou-se assim da queda sofrida na véspera na Het Nieuwsblad.
Fonte: Record on-line

“5º Roadbook BTT Fernão de Magalhães”

O 5º Roadbook BTT Fernão de Magalhães é já no próximo sábado - 5 de março.
Aproveitamos para alertar que as inscrições encerram na quarta às 23h00.
Colabora com a organização respeitando os prazos, pois para a realização desta atividade necessitamos de contabilizar o mais atempadamente o número de participantes para a preparação de:
Frontais personalizados;
Suportes de roadbook;
Impressão e plastificação de roadbooks;
Aquisição de produtos para o reforço alimentar.
Contamos consigo.
Fonte: Btt Clube de Chaves

“Taça de Portugal de Sub-23/César Martingil vence na Maia”

O ribatejano César Martingil (Liberty Seguros/Carglass) ganhou hoje, ao sprint, a Volta à Maia, primeira corrida pontuável para a Taça de Portugal de Sub-23,disputada ao longo de 148,6 quilómetros.
O corredor da equipa de Oliveira de Azeméis respondeu da melhor forma ao trabalho dos colegas de equipa, que anularam a fuga de António Barradas (Maia), Emanuel Duarte (Sicasal/Constantinos/UDO) e Alejandro Rodríguez (Supermercados Froiz), uma iniciativa que animou grande parte da viagem.
Foi um pelotão restrito a 30 corredores que lutou pela vitória. César Martingil foi o mais veloz, relegando Fábio Mansilhas (Anicolor) para o segundo lugar e Jorge Montenegro (CC Padronés/Aluminios Cortizo) para o terceiro posto.
“Os fugitivos ficaram reduzidos a dois e tiveram de enfrentar muito vento. Mesmo assim, foi necessário a equipa pegar na corrida, com cerca de metade da prova disputada, para que houvesse uma chegada ao sprint. Eu e o Luís [Gomes] éramos as apostas para o final. O Luís acabou por fazer um excelente lançamento e eu pude vencer”, afirmou César Martingil no final da competição.
A Anicolor venceu por equipas. Álvaro Ferreira (Goldwin/Team José Maria Nicolau) foi o melhor sub-23 de primeiro ano. Luís Mendonça (Sicasal/Constantinos/UDO) ganhou a classificação dos trepadores.
A Taça de Portugal de Sub-23 terá mais duas etapas, nos dias 30 de abril e 1 de maio, na região de Aveiro.
Fonte: FPC